PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
11/11/2017 07h08

Anderson Silva é notificado por possível doping e está fora de luta

R7


Caso seja confirmado o doping, esta será a quarta vez que Anderson falha nos exames (Foto Getty Images / UFC)

Escalado para fazer a luta principal do UFC Xangai, na China, contra Kelvin Gastelum, o brasileiro Anderson Silva foi notificado pela USADA (Agência Antidoping dos EUA) nesta sexta-feira (10) por uma possível falha em um exame antidoping e está fora do combate.

 

A suspensão, por enquanto, é preventiva, mas impossibilita o “Spider” de entrar em ação no card chinês, marcado para o dia 25 de novembro. Em um comunicado oficial, o Ultimate explicou o ocorrido e os próximos passos a serem dados, mas não revelou a substância.

 

Confira o comunicado:

“A organização do UFC foi notificada hoje que a Agência Norte-americana Antidopagem (USADA) informou Anderson Silva sobre uma possível violação da Política Antidopagem decorrente de uma amostra coletada fora de período de competição, em 26 de outubro de 2017. Como resultado, Silva foi provisoriamente suspenso pela USADA. Devido à proximidade da luta programada para o UFC Fight Night Xangai, na China, em 25 de novembro de 2017 contra Kelvin Gastelum, Silva foi retirado do card e o UFC está atualmente buscando um substituto. A USADA, administradora independente da Política Antidopagem do UFC, tratará o gerenciamento de resultados e a adjudicação apropriada deste caso envolvendo Silva. De acordo com a Política Antidopagem do UFC, existe um processo legal completo e justo que é oferecido a todos os atletas antes de serem impostas quaisquer sanções. Informações adicionais serão fornecidas no momento apropriado”.

 

Caso realmente seja confirmado o doping de Anderson Silva, esta será a quarta vez que o brasileiro falha em um exame. Em 2015, o ex-campeão dos médios foi flagrado três vezes no período de um mês, todos próximos à data do seu duelo contra Nick Diaz, em janeiro.

 

Vale lembrar, ainda, que esta é a segunda vez em que a luta entre Anderson e Gastelum é cancelada. Na primeira oportunidade, os dois iriam se enfrentar no UFC 212, realizado em janeiro deste ano, no Rio de Janeiro. Entretanto, na ocasião, o americano de origem mexicana é quem foi flagrado no doping – por uso de maconha – e retirado do confronto.

 

Logo após a divulgação do comunicado oficial por parte do Ultimate, Kelvin usou suas redes sociais para se manifestar sobre o caso. No Twitter, o lutador postou: “respira… inspira… expira”, seguido de um emoticon de choro. Em outro post, garantiu sua presença na China.

 

“Obrigado a todos pela energia positiva. Eu vou estar pronto, independente de qualquer coisa. No dia da luta eu estarei lá, não se preocupem!”, escreveu Gastelum, revelando ainda que seu empresário e o UFC trabalham para achar um substituto para Anderson.



                    


NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Tupy30
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
  • Tigre32