PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
11/11/2017 11h07

Presos fazem greve de fome na penitenciária federal de Campo Grande

Campo Grande News


Penitenciária Federal foi inaugurada em 2006 para receber os presos mais perigosos do País. (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Presos da Penitenciária Federal de Campo Grande fazem greve de fome desde sexta-feira (10). A ação faz parte de um "protesto nacional”, um pedido dos internos por melhoria nas condições nos presídios, e acontece em outros cinco estados.

A informação foi divulgada pela Veja. De acordo com a reportagem, ao menos 34 presídios estaduais e federais, em sete Estados do país, promovem rebeliões e protestos com greve de fome. Os detentos reivindicam melhores condições de instalação e a volta das visitas.

Segundo o Ministério da Justiça, detentos do Pará, do Acre, do Rio, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul e do Rio Grande do Norte fazem greve de fome. Protestos nos presídios de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Mossoró (RN) também foram confirmados pelo ministério.

 

“Eles dizem que procedem deste modo por serem contra a 'opressão do sistema penitenciário federal’. Cabe ressaltar que os presos que estão no sistema penitenciário federal não sofrem nenhum tipo de opressão”, diz o ministério.

A semana ainda é marcada por rebeliões e motins em presídios estaduais do país. Governos dos Estados de Mato Grosso, Acre e Pará associam os atos a ordens de facções criminosas e o caso mais grave aconteceu em Cascavel, no Paraná, onde dois presidiários foram assassinados.

Ocupando o telhado do prédio, os detentos estenderam uma faixa com a sigla do PCC (Primeiro Comando da Capital) e exibiram a cabeça decapitada das vítimas na tarde desta sexta-feira (10).



                    


NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Tupy30
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
  • Tigre32