PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
12/03/2018 08h08

Luan brilha, Grêmio vence Inter e reencontrará rival nas quartas do Gaúcho

Gazeta Esportiva


Foto: Lucas Uebel

O que aconteceu no Gre-Nal deste domingo talvez só tenha sido previsto pelos tricolores mais otimistas. Visitando o Internacional no Beira-Rio e precisando da vitória para não depender de mais ninguém para se classificar às quartas de final do Campeonato Gaúcho, o Grêmio não tomou conhecimento do arquirrival no primeiro tempo e com uma atuação brilhante de Luan saiu de campo com o importante triunfo por 2 a 1. O camisa 7 fez os dois gols do Grêmio. Já Rodrigo Dourado foi o responsável pelo desconto dos Colorados.

Iniciando a rodada na oitava colocação, os comandados de Renato Gaúcho tinham a difícil missão de conquistarem os três pontos não só para marcarem presença na próxima fase do Estadual, mas também para evitar um novo confronto com o Internacional já nas quartas de final da competição, já que havia grandes chances de o rival terminar em primeiro lugar. Desta maneira, coube a Luan chamar a responsabilidade para balançar as redes duas vezes e distribuir algumas assistências que resultaram em lances de perigo do Tricolor.

Apesar do triunfo, o Grêmio não conseguiu fugir do Inter nas quartas de final do Gauchão. Isso porque o Tricolor terminou em sexto lugar, com 16 pontos, e por conta da combinação de resultados desta última rodada, o Colorado acabou caindo para terceiro. Desta maneira, haverá dois novos “Gre-Nal” já na próxima fase da competição.

O jogo – Precisando da vitória para evitar o risco de ficar de fora da próxima fase do Gauchão, o Grêmio entrou em campo parecendo que era o líder do campeonato. Sem se abalar com a pressão, os comandados de Renato Gaúcho ignoraram até mesmo o Beira-Rio lotado para assustar pela primeira vez os donos da casa aos nove minutos, quando Luan deu passe açucarado para Jael, no entanto, o camisa 9 tricolor acabou isolando após chegar primeiro que Marcelo Lomba na bola.

Bastante solto em campo, Luan era a principal ameaça do Grêmio no clássico. Tido como a principal peça de articulação da equipe, o camisa 7 foi premiado com o gol aos 24 minutos, quando Cortez recebeu em profundidade pela esquerda e cruzou rasteiro na medida para o atacante, que precisou apenas completar para o fundo do gol e correr para o abraço.

Cientes de que poderiam ficar ainda mais confortáveis na partida, os comandados de Renato Gaúcho ainda ampliaram aos 28 minutos após Everton ser derrubado por Cuesta dentro da área. Luan foi para a cobrança e deslocou o goleiro, mandando no canto direito de Lomba, enquanto o colorado acabou optando por se jogar para a esquerda.

Antes de as equipes irem para o intervalo, Everton ainda teve grande chance para fazer o terceiro gol do Grêmio e encaminhar o importante triunfo no Gre-Nal. Luan lançou para o atacante, que ficou cara a cara com Marcelo Lomba, mas acabou finalizando para fora. Sorte do Inter, que poderia ter se dirigido ao vestiário com uma desvantagem ainda maior no marcador.

No segundo tempo a conversa que o técnico Odair Hellmann teve com seus jogadores pareceu ter surtido efeito. Logo aos três minutos D’Alessandro bateu escanteio pela esquerda e mandou na cabeça de Rodrigo Dourado, que subiu mais alto que a defesa rival e ainda contou com o desvio de Cortez depois de cabecear a bola para mandar para o fundo do gol e descontar para o Internacional.

Após o gol colorado, a partida ficou mais faltosa, e o árbitro teve de trabalhar para evitar que o clássico tomasse uma proporção indevida quanto ao tipo de postura que ambas as equipes adotaram na hora da marcação. Enquanto o Grêmio tentava cadenciar a bola e evitar com que os adversários o agredissem, o Internacional era mais agudo e quase chegou ao empate aos 19 minutos, quando Roger protegeu e tocou para Edenílson, que, mesmo livre, chegou batendo de primeira pela direita e mandando muito longe do gol.

No decorrer da etapa complementar, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima teve de abandonar o jogo após sentir um incômodo muscular na panturrilha direita e acabou substituído pelo auxiliar Jonathan Pinheiro. Assim como a arbitragem, Inter e Grêmio também efetuaram algumas alterações, no entanto, o reforço defensivo do Tricolor gaúcho falou mais alto, e o time atual campeão da Libertadores conseguiu sair de campo com a vitória no 413º Gre-Nal da história, o primeiro de 2018.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 2 GRÊMIO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 11 de março de 2018, domingo
Horário: 17h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Lucio Beiersdorf (ambos RS)

Gols: Luan, aos 24 e aos 28 minutos do 1ºT (Grêmio); Rodrigo Dourado, aos 3 minutos do 2ºT (Internacional)

Cartões amarelos: Victor Cuesta, D’Alessandro e Edenílson (Internacional); Kannemann e Maicon (Grêmio)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nico López, D’Alessandro e Patrick (Wellington Silva); Roger (Marcinho)
Técnico: Odair Hellmann

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Madson (Alisson), Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson, Maicon, Ramiro, Luan e Everton (Marcelo Oliveira); Jael (Michel)
Técnico: Renato Gaúcho





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE