PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
18/06/2018 10h09

Juiz decreta prisão preventiva de homem que matou casal em acidente

Correio do Estado


Vieira já tinha passagens na polícia por dirigir embriagado - Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

Durante audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (18), o juiz plantonista Mauro Nering decretou a prisão preventiva de Saulo Lucas Barbosa Vieira, de 27 anos, envolvido no acidente que matou Luiz Vicente da Cruz, de 69 anos, e a esposa Aparecida Souza da Cruz, 59, no dia 15 de junho, em Campo Grande.

Vieira havia sido preso em flagrante e já tinha passagem na polícia por dirigir embriagado. Em dezembro de 2016, ele se envolveu em acidente em Ribas do Rio Pardo. Na ocasião, ele foi preso e liberado após pagamento de fiança - um dos motivos pelos quais o magistrado não arbitrou fiança desta vez.

O histórico de Vieira foi decisivo para o juiz manter a prisão preventiva. O magistrado entendeu que a medida mais adequada seria converter a prisão em flagrante em prisão preventiva. Deste modo, Vieira vai responder pelo crime preso. Ele será encaminhado para o presídio ainda hoje.

Saulo Lucas Barbosa Vieira vai responder por homicídio culposo qualificado por conduzir veículo automotor sob influência de álcool.

O CASO

Acidente de trânsito entre dois carros aconteceu na madrugada de sexta-feira (15), na área central de Campo Grande, quando um Fiat Uno e um Corsa Sedan colidiram no cruzamento da Rua Anhanduí com a Rua Marechal Cândido Rondon.

Vieira estava conduzindo seu veículo Fiat Uno na contramão e apresentava sinais de embriaguez, quando se envolveu no acidente. Com o impacto da batida, os ocupantes do Corsa Classic Sedan, Luiz Vicente da Cruz, de 69 anos, e Aparecida de Souza Cruz, de 59 anos, morreram. (Colaborou Maressa Mendonça) 





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE