PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
06/11/2018 13h51

Após dois meses, Jair Ventura tem aproveitamento inferior a Osmar Loss

Gazeta Esportiva


Jair Ventura está com aproveitamento abaixo do esperado no comando do Corinthians após dois meses de trabalho (Foto: Daniel Augusto Jr./Corinthians)

O técnico Jair Ventura completa nesta terça-feira, dia 6 de novembro, dois meses no comando técnico do Corinthians e o que era pra ter causado uma melhora no rendimento na equipe, acabou indo por água abaixo. Isso porque, passado esse tempo, o treinador soma um aproveitamento abaixo do seu antecessor, Osmar Loss: 33% contra 42%. Para piorar, Jair tem, junto de Nelsinho Baptista (2007), o pior aproveitamento entre todos os nomes que comandaram o time nos últimos 12 anos.

 

Após a derrota para o Ceará por 2 a 1, no dia 5 de setembro, o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, informou que alguns resultados não vinham sendo alcançados e, por isso, Osmar Loss teria sido convidado para retornar ao cargo de auxiliar, enquanto outro treinador estaria na mira do Timão

 

O escolhido foi Jair Ventura, com passagens por Botafogo e Santos. Em sua estreia, uma pedreira, clássico contra o maior rival Palmeiras no Allianz Parque, quando saiu derrotado por 1 a 0. Depois disso, foi a vez de enfrentar o Flamengo no Maracanã pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil, tendo garantido o empate sem gols, mesmo com muitas reclamações por conta de seu sistema “defensivo demais”.

 

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Corinthians venceu o Sport, empatou com o Internacional e América-MG e perdeu do Flamengo, sem esquecer da classificação, alguns dias antes, para a final da Copa do Brasil após vencer o mesmo Rubro-Negro. Tendo chegado na decisão do torneio mata-mata, os comandados de Jair Ventura não conquistaram o título após enfrentarem um Cruzeiro inspirado, que venceu em casa por 1 a 0 e na Arena Corinthians por 2 a 1.

 

Depois disso, o alvinegro tinha pela frente o Brasileirão, no qual, até os dias de hoje, ocupa a parte de baixo da tabela: foram duas derrotas (Santos e Botafogo), um empate (Vitória) e uma vitória (Bahia), o que o coloca na 12ª posição, a apenas cinco pontos da zona de rebaixamento, aberta pelo Vitória.

 

Desde 6 de setembro de 2018, portanto, Jair Ventura soma três vitórias, quatro empates e seis derrotas, num total de 33% de aproveitamento, com dez gols feitos e 15 tomados. Seu antecessor, que agora é auxiliar, somava oito vitórias, quatro empates e dez derrotas, com 42% de aproveitamento.

 

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta em casa o São Paulo, que continua em busca do título ou, pelo menos, em sua permanência no G4 do Brasileirão – o tricolor soma atualmente 57 pontos, o que o garante em quarto lugar. O jogo é um bom (e necessário) momento para voltar ao caminho das vitórias, senão o técnico Jair Ventura terá alguns problemas pela frente.

 

Veja abaixo o desempenho do Corinthians com Jair:

 

Palmeiras 1 x 0 Corinthians

Flamengo 0 x 0 Corinthians

Corinthians 2 x 1 Sport

Corinthians 1 x 1 Internacional

Corinthians 2 x 1 Flamengo

América-MG 0 x 0 Corinthians

Corinthians 0 x 3 Flamengo

Cruzeiro 1 x 0 Corinthians

Santos 1 x 0 Corinthians

Corinthians 1 x 2 Cruzeiro

Vitória 2 x 2 Corinthians

Corinthians 2 x 1 Bahia

Botafogo 1 x 0 Corinthians





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE