PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
09/01/2019 09h54 - Atualizado em 09/01/2019 11h11

Diretor do Corinthians descarta volta do zagueiro Gil e monitora Vagner Love

Band


Duílio Monteiro Alves falou sobre possíveis reforços para o Corinthians (Foto: Ricardo Moreira/FotoArena/Estadão Conteúdo)

O diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, falou nesta terça-feira sobre alguns nomes que vem sendo especulados no clube. O zagueiro Gil foi descartado no momento. O atacante Vagner interessa e está sendo monitorado. Luan, do Atlético-MG, ficou mais longe do time paulista.

"O Gil está sendo sempre especulado quando se abre uma janela de transferência. Mas infelizmente não é um contratação possível por causa dos números. Sobre o Vagner Love, a gente observa. Não vou dizer que é especulação. É um nome que interessa, mas nada além disso", afirmou o dirigente.

O zagueiro ainda tem mais um ano de contrato com o Shandong Luneng e ganha por volta de R$ 2,5 milhões por mês. O Corinthians considera que hoje a situação é complicada, mas futuramente espera contar com o jogador.

Gil está com 31 anos e atuou no Corinthians entre 2013 e 2015. Foi fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro de 2015. O bom futebol chamou a atenção do futebol chinês e levou o jogador também a vestir a camisa da Seleção Brasileira.

Para o início da temporada, é provável que a diretoria não traga outro zagueiro. Fábio Carille deve subir um nome da base para compor o elenco no setor. Hoje, no profissional, o treinador conta com Henrique, Léo Santos, Marllon e Pedro Henrique.

LOVE - Vagner Love tem contrato com o Besiktas até julho de 2020. O jogador estaria disposto a abrir mão do alto salário da Turquia para voltar ao Brasil. No entanto, falta o clube europeu aceitar negociar o atacante por empréstimo.

A contratação de Luan, do Atlético-MG, que ficou próxima de se concretizar no final do ano passado, esfriou. O jogador inicialmente seria envolvido em uma troca com Clayson, mas o clube mineiro não aceitou o pedido do atleta corintiano. Com isso, o Corinthians cogitou pagar pelo reforço.

"A negociação não evoluiu. Está parada. Os valores hoje não são viáveis. Teve agora a chegada do (Mauro) Boselli, que preenche uma carência. Por enquanto, não tem novidade nenhuma", informou Duilio.





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE