PUBLICIDADE
Caarapó

Rapaz desaparece no rio Amambai em Naviraí

| TA NA MIDIA NAVIRAí


Os bombeiros de Naviraí continuam as buscas por Sidnei Francisco Souza, de 27 anos, que desapareceu no rio Amambai hoje por volta do meio-dia. Sidnei não é pescador, ao contrário do que o Midiamax divulgou anteriormente. Ele estava trabalhando em uma fazenda, em Corumbá chegou ontem em Naviraí para passar as festas de fim de ano com seus familiares.
 

Hoje pela manhã, Sidnei pediu ao seu cunhado, Pedro, que trabalha como taxista, para levá-lo até a casa de sua tia na Vila Industrial, nas proximidades do rio Amambai, cerca de 15 quilômetros de Naviraí, onde o mesmo iria almoçar.
 

Ao chegar à casa da tia, descobriu que ela não estava. Então, Sidnei chamou o cunhado para ir até uma lanchonete, localizada na barranca do rio. O cunhado não queria ir, por ver que Sidnei já tinha bebido demais, porém acabou acompanhando o rapaz.
 

O cunhado afirma que Sidnei estava muito bêbado. Decidiu tomar banho no rio, foi alertado a não entrar na água, ignorou os apelos e pulou sobre uma grade de proteção que tem na barranca do rio subindo sobre uma pequena balsa.
 

Pedro tornou a gritar para o cunhado não pular na água. Ou então, que ao menos tirasse a roupa. Nem isso ele fez, pulou no rio vestido e calçando tênis.
 

Algumas pessoas que presenciaram o fato disseram que ainda viram Sidnei nadando por cerca de 20 metros rio abaixo, afundou uma vez, em seguida voltou à superfície, afundou novamente e não foi mais visto.

 

Os bombeiros estão fazendo uma varredura pelo rio no intuito de encontrar o corpo, mas devido o rio estar muito cheio e a correnteza estar forte, dificulta o trabalho dos mesmos.
 

Alguns familiares e amigos acompanham o trabalho dos bombeiros da barranca do rio.

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE