PUBLICIDADE
Geral

Volks aponta nova falha no Fox, Voyage e Novo Gol

| FOLHA ONLINE


Um mês após anunciar o recall dos modelos Novo Gol, Fox e Voyage, a Volkswagen volta a detectar problemas nos motores 1.0 (EA111) que os equipam.


O defeito agora seria nas partes móveis do motor, como tuchos. Causa um barulho alto e repetido, semelhante ao de uma britadeira, e pode aumentar se o motorista não levar o carro a uma concessionária. A montadora afirma que ainda não descobriu sua causa.


Em nota, a Volkswagen afirmou que irá substituir gratuitamente os componentes afetados e que dá garantia de três anos para o motor e o câmbio, sem limite de quilometragem.


Nas concessionárias, a montadora autorizou a troca de alguns motores 1.0 em garantia, mas não detectou o problema nos motores 1.6 --haveria mais 300 mil unidades com suspeitas de problemas--, também usados em Gol, Fox e Voyage, além de Polo e Saveiro.


Segundo José Loureiro, gerente de engenharia da Volkswagen, não é caso de convocar um recall. "O problema não afeta a segurança dos ocupantes."


Ele descarta a relação dos novos problemas com o outro recall --por defeito no sistema de partida a frio-- e analisa a contaminação do óleo por partes metálicas, o que poderia ocasionar o ruído.


Segundo o engenheiro, não há risco de explosão ou de fadiga no motor. "Detectamos alguns motores com nível de óleo mais baixo", conta Loureiro. Ele admite que, se o óleo todo baixar, pode haver problema de lubrificação até o motor fundir. "Aconselhamos o proprietário a checar o nível de óleo a cada vez que abastecer o tanque."


A Volkswagen não sabe o número exato de unidades atingidas. "Trabalhamos com uma proporção de um caso para cada mil carros", afirma Loureiro.


Ele calcula que tenham sido vendidos 300 mil Novo Gol e Voyage e 100 mil Fox fabricados desde 2008.


O primeiro caso foi detectado pela montadora há um mês. Concessionários, porém, dizem já ter recebido reclamações há mais de quatro meses. A Volkswagen não soube explicar por que o problema só surgiu agora, já que o Fox usa esse mesmo motor desde 2004 e não houve mudanças na produtivo em São José dos Pinhais (PR).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE