PUBLICIDADE
Caarapó

Chuvas causam alagamentos e transtorno em bairros da cidade

A Vila Setenta e a Vila Planalto foram os locais mais atingidos pela chuva

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi

A forte chuva, que começou na tarde de sábado e que se estende nesta manhã de domingo, em Caarapó, provocou estragos em alguns bairros da cidade. Casas foram invadidas pela enxurrada e muitos móveis foram destruídos.
 

O bairro mais afetado foi a Vila Setenta. O local é baixo e recebe as enxurradas que ficam no entorno da região central. Famílias chegaram a ficar praticamente isoladas. Os quintais foram tomados pela água suja que vinha da rua acima e adentrava nas residências. A força da chuva era tão grande que chegava a arrastar galhos de árvores e lixo, o que ajudou a entupir ainda mais as galerias fluviais.
  Na tentativa de impedir que a água invadisse as casas, moradores tentavam improvisar eternites como barreiras para cercar a água, ideia que não deu certo nos locais em que o terreno era mais baixo que a rua. Outros cavavam buracos para que a água escorresse.
  Moradores estavam inconformados com o descaso por parte das autoridades competentes que até o momento não haviam tomado nenhuma medida. “Estamos desde a madrugada retirando água de dentro de nossas casas e até agora ninguém apareceu para nos auxiliar”, disse João Paulo Domingos que telefonou a reportagem do CaarapoNews para denunciar a situação no bairro.
  A senhora Joana Maria Vieira teve sua residência completamente invadida pela água, alguns móveis e eletrodomésticos foram danificados. "Agora o problema é a lama", lamenta à moradora.
  A sujeira ficou espalhada pelas ruas do bairro. Moradores reclamam que a prefeitura não compareceu ao local.
  A chuva também atingiu a Vila Planalto. A rua Arcênio Cardoso era o ponto mais crítico. No local, moradores também se desdobravam para não deixar a enxurrada invadir as suas casas.
  De acordo com os institutos de meteorologia a chuva deve continuar em Caarapó durante todo o dia.


                          

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE