PUBLICIDADE
Caarapó

Chuva destrói pontes e estradas em Caarapó

A chuva danificou também o aterro na cabeceira da ponte sobre o Córrego Engenho Velho

| ASSESSORIA


Conforme já havia noticiado a reportagem do Caaraponews, as fortes chuvas do último final de semana ocasionaram diversos danos no município de Caarapó. Além dos problemas de inundação, transbordação de esgotos, danificação da malha asfáltica, várias pontes foram carregadas pelas enchentes, em decorrência das fortes chuvas dos dias 26 e 27 de dezembro, que chegaram a 200 mm.
 

  Segundo o secretário de Obras e Serviços, Roberto José Maitan, foram grandes os estragos, principalmente na zona rural. A ponte de madeira sobre o Córrego Piriquito nas imediações do Frigorífico Fribrasil, foi carregada pela enchente, e a ponte sobre o Córrego Periquito, nas proximidades da indústria Agrencor, também foi arrastada pela correnteza.  
  A chuva levou também a ponte sobre o Córrego Saiju,  a tubulação sobre o Córrego Saverá, na região do Metefogo, a tubulação de concreto no Córrego da Colônia Paulista,  a ponte sobre o Córrego São Francisco na divisa dos municípios de Caarapó e Vicentina, além da ponte sobre Córrego na região conhecida como Major Pedro. A chuva danificou também o aterro na cabeceira da ponte sobre o Córrego Engenho Velho, na região da Fazenda Santa Fé.
    Maitan disse ainda que todas as providências estão sendo tomadas no sentido de recuperar o que foi danificado. “A administração municipal está ciente dos prejuízos e todas as atenções estão voltadas no sentido de recuperar  o que a chuva estragou”, falou.
    Segundo o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), que visitou alguns locais afetados, a situação é complicada, mas não é desesperadora. “Estamos sujeitos a essas intempéries da natureza, não depende da gente. Após três meses trabalhando durante meio período, voltamos agora no começo de dezembro trabalhar com horário integral, justamente para deixar a cidade mais bonita como também as estradas vicinais, mas nos últimos meses tem chovido bastante e não temos conseguido realizar o que planejamos”, comentou.
    “Mais uma vez estamos pedindo a colaboração e a compreensão de todos os caarapoenses para que tenham paciência no sentido de saber esperar. A chuva com certeza é bênção, mas a maioria dos serviços precisam de muito sol para serem feitos, e isto não tem acontecido com freqüência nos últimos meses”, concluiu o prefeito.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE