PUBLICIDADE
Geral

Após 'pressão', Funai exonera Margarida Nicoletti

| DOURADOSNEWS


Após aproximadamente três meses de protestos, confusões e manifestações dos indígenas de Dourados, a Fundação Nacional do Índio (Funai) decidiu exonerar nesta segunda-feira a administradora regional Margarida Nicoletti. A determinação foi assinada pela presidente substituta do órgão e foi publicada hoje no Diário Oficial da União.
 

Afirmando que Margarida não atendia às reivindicações dos índios, as lideranças indígenas entregaram um documento ao presidente nacional da Funai, Márcio Meira, em abril do ano passado. A atual chefe do Serviço de Administração será Maria de Fátima Rosa Vilarinho, que é bacharel em Antropologia e Sociologia pela Universidade de Brasília e pós-graduada em Antropologia Social pela PUC-SP. Na Funai, realizou inúmeros estudos de identificação para demarcação de terras indígenas.


Alguns órgãos de imprensa de Mato Grosso do Sul chegaram a noticiar que Margarida seria substituída por Arlete Pereira de Souza, esposa do vereador Dirceu Longhi (PT). No entanto, a informação foi negada pela direção nacional da Funai. Há 60 dias, um grupo formado por pelo menos 80 índios está acampado na Praça do Cinquentenário, em frente à sede da Funai em Dourados, cobrando a saída de Margarida.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE