PUBLICIDADE
Caarapó

Procon multa postos de combustíveis por por "preço duplo"

| DOURADOSAGORA


Postos de combustíveis estão sendo multados em Dourados pelo Procon – Programa de Defesa do Consumidor. Eles estariam cobrando valores diferenciados dos combustíveis para o pagamento em dinheiro e no cartão.


Ontem pela manhã os fiscais do Procon começaram a fiscalizar todos os postos da cidade e constataram que na maioria deles o valor cobrado ao consumidor está sendo diferenciado de acordo com a forma de pagamento. Vários postos já foram multados. Hoje de manhã o Procon termina de fiscalizar os estabelecimentos, quando divulgará o balanço das autuações.


Depois que o Auto Posto Bela Vista se instalou em Dourados, no Jardim Água Boa, em outubro do ano passado, o suposto cartel dos combustíveis foi praticamente desmantelado. Os preços que raramente ficavam abaixo de R$ 2,80, o litro, agora é possível ser encontrado a R$ 2,45.


A concorrência do posto Bela Vista atraiu centenas de consumidores que diariamente formam fila para abastecer os veículos. E para não perder clientes, os demais estabelecimentos derrubaram os preços tabelados em até trinta centavos o litro.


No entanto, isso se deu com uma condição, na maioria deles. Para ganhar vantagem sobre o consumidor, os postos passaram a cobrar valor diferenciado para quem abastecesse a cartão ou em dinheiro. Na prática, começaram a repassar ao consumidor o valor pago por eles aos administradores dos cartões, que varia entre 3% e 5%.


De acordo com o diretor do Procon de Dourados, Rosemar de Mattos, os postos não podem praticar nenhum tipo de preço diferenciado para o pagamento em dinheiro ou no cartão. "Na fiscalização de ontem percebemos que vários postos estavam descumprindo a lei. Isso não pode acontecer. Eles cobravam valor diferenciado até para os consumidores que faziam o pagamento em débito", disse o diretor do Procon.


Ele alerta que os postos reincidentes para esse tipo de infração receberão uma multa bem superior da que está sendo aplicada atualmente. Rosemar não divulgou o valor da multa. "O consumidor que encontrar esse tipo de prática pode denunciar ao Procon para que possamos fiscalizar o estabelecimento", enfatiza Rosemar de Mattos.


O Procon de Dourados fica na Rua Onofre Pereira de Matos, 1975, Centro. O telefone de contato é o (67) 3411-7706.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE