PUBLICIDADE
Geral

TJ libera carros de funerária e de hospital da família Uemura

| CAMPO GRANDE NEWS


O desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte, da Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), liberou os carros de algumas empresas de Sizuo Uemura. Desde de setembro do ano passado, os bens do empresário, avaliados em R$ 20 milhões, estão bloqueados por determinação da 1ª Vara Criminal de Dourados.


Na decisão de quarta-feira, o magistrado concedeu parcialmente a quatro mandados de segurança. Ele liberou os carros para serem usados pelas empresas e pela família do empresário, mas manteve a penhora dos demais bens, incluindo-se fazendas e empresas.


De acordo com o advogado de defesa, Renê Siufi, eles vão ficar como fiel depositários dos veículos e poderão utiliza-los em serviço. No entanto, a Justiça vetou a transferência ou venda dos veículos.


Foram liberados os carros da Pax Primavera Serviços Póstumos, da Swa Assessoria Empresarial e da Sir Factoring Fomento Mercantil, em nome de Uemura; da Pax Serviço Póstumos São Francisco de Assis, de Eduardo Takashi Uemura; da Prestadora de Serviços de Publicidade e Propaganda Santa Rosa, de Anary Eiko Tsumori Uemura; do Hospital e Maternidade Santa Rosa, de Eduardo Takashi Uemura; da Imobiliária Dinho, de Sizuo; e das Lojas Maisa, de Maíza Harumi Uemura.


O MPE (Ministério Público Estadual) pediu o sequestro dos bens do empresário, que estão avaliados em R$ 20 milhões. A juíza Dileta Terezinha Souza Thomaz decretou a indisponibilidade dos bens em 19 de setembro do ano passado.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE