PUBLICIDADE
Caarapó

André Nezzi participa de ato de entrega de obras na aldeia indígena de Caarapó

| CAARAPONEWS/DILERMANO ALVES


Autoridades defronte a poço que integra conjunto de obras de melhorias do sistema de abastecimento de água da Aldeia Te’yikue, em Caarapó. Foto: Divulgação

O prefeito de Caarapó, André Nezzi (PSDB), participou na última sexta-feira (29) do ato oficial de entrega de obras de saneamento básico na Reserva Indígena Te’yikue. A solenidade reuniu parlamentares das esferas federal e municipal, além de lideranças comunitárias e indígenas locais.

A reserva indígena guarani-kaiowá, que abriga mais de seis mil índios, foi contemplada com obras de ampliação e melhoria do sistema de abastecimento de água, com 643 ligações domiciliares, 44.188 m de rede 50 mm, 7.954 m de rede 75 mm, 1.742 m de rede 100 mm, 27.282 m de PEAD, reforma de cinco reservatórios, implantação de um reservatório de 80 m³, manutenção de dois poços existentes e perfuração de novo poço PT 03. Os investimentos somaram R$ 2.150.617,78 e foram alocados junto à Secretaria Especial de Saúde Indígena, órgão do Ministério da Saúde.

“A partir de hoje, essa obra passa a atender aproximadamente 700 famílias que não possuíam água potável em suas residências. Essas pessoas precisavam muitas vezes caminhar até três quilômetros para buscar água, para beber ou fazer comida, em rios ou lagoas”, destacou o prefeito de Caarapó, acrescentando que, “esse benefício, além de facilitar a vida dos indígenas, também contribui para a prevenção de doenças, especialmente as que acometem as crianças”.

André Nezzi ressaltou a ação parlamentar dos deputados federais Vander Loubet (PT) e Rose Modesto (PSDB), presentes ao evento, “que contribuíram para a liberação dos recursos. “Essa obra também contou com apoio e suporte da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores, atendendo uma antiga reivindicação da comunidade indígena e de seus representantes”, sublinhou o dirigente.

Além das autoridades citadas, o ato de entrega das obras também foi acompanhado pelo coordenador distrital de Saúde Indígena de Mato Grosso do Sul, Eldo Elcídio Moro, vereadores Alécio Soares Martins (PSDB), Professor Pontinha (PT) e Gilberto Segóvia (PSDB) e capitão Adão Manoel, cacique da reserva indígena, entre outras lideranças e convidados.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE