PUBLICIDADE
Caarapó

Indígenas de 4 países lançam campanha em Caarapó

Lideranças guarani do Brasil e de outros três países participam neste fim de semana do lançamento da campanha Povo Guarani, Grande Povo! O evento acontece na aldeia Tey Kue, em Caarapó (MS).

| AGENCIA BRASIL


Lideranças guarani do Brasil e de outros três países participam neste fim de semana do lançamento da campanha Povo Guarani, Grande Povo! O evento acontece na aldeia Tey Kue, em Caarapó (MS). A região sul do Mato Grosso do Sul tem a maior concentração de índios guarani.

No evento, promovido pelo Conselho Indigenista Missionário, ligado à Igreja Católica, além de diversas organizações indígenas, as lideranças reunidas estão participando de debates sobre os principais problemas que afetam os guaranis do Brasil, Argentina, Bolívia e Paraguai.

De acordo com o representente do Cimi Cristiano Navarro, a meta é fortalecer a articulação dos Guarani e intensificar a luta por seus direitos: “O principal problema dos Guarani aqui no Brasil e nos países vizinhos é a falta de terras e o controle desse território”.

O evento começou ontem (21) à noite, com uma apresentação de dança indígena, para abençoar e dar as boas-vindas aos visitantes, vindos, além de vários municípios do estado, de São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Santa Catarina, Rondônia e Rio de Janeiro – representantes de outras etnias estão presentes, para dar apoio à luta dos Guarani.

Segundo a Fundação Nacional do Índio, há, hoje, 45 mil índios Guarani-Kaiowa em Mato Grosso do Sul, divididos em 38 aldeias, em 17 municípios. Ao todo, segundo o Cimi, há 225 mil guaranis na América do Sul, sendo 50 mil no Brasil, em 7 estados. Cerca de 300 pessoas participam do evento em Tey Kue.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE