PUBLICIDADE
flamengo

Pedro Rocha garante estar em forma

| BAND


Pedro Rocha foi apresentado pelo Flamengo (Foto: Nayra Halm/FotoArena/Estadão Conteúdo)

O atacante Pedro Rocha, de 25 anos, foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira como um dos reforços do Flamengo para a temporada. Depois de revelar seu amor pelo time rubro-negro desde a infância e a escolha pela camisa 32, o jogador afirmou estar em forma e pronto para brigar por uma vaga na equipe supercampeã.

'O Mister vai ter muito trabalho para este próximo ano, um quebra-cabeça para montar o time. Estou chegando para jogar e dar qualidade a mais. Muito feliz por chegar e jogar com grandes jogadores', disse o jogador, que caiu com o Cruzeiro para a Série B no ano passado. 'Estou pronto para jogar. Quando volta de férias é um pouco mais complicado, tem que fazer avaliações físicas. Mas sempre procuro me manter bem para que nesse retorno possa sentir um pouco menos.'

O jogador espera recuperar o bom futebol da época do Grêmio, time no qual conquistou os títulos da Copa do Brasil (2016) e Copa Libertadores (2017). 'Acredito que possa recuperar meu bom futebol, com toda a estrutura que o Flamengo oferece aos jogadores e à comissão técnica. Acredito que este ano será muito importante e decisivo. Jogar em grande clube tem pressão, é normal, mas estou acostumado.'

No ano passado, antes de uma passagem de 17 partidas pelo russo Spartak, o atacante foi mal como todo time do Cruzeiro. Ele participou de 33 dos 38 jogos da equipe mineira no Brasileiro. Marcou quatro gols e deu três assistências. 'Aprendi muita coisa (na Rússia e no Cruzeiro). Você não consegue adquirir experiência no futebol de um dia para o outro. É dia a dia, jogo a jogo, a cada temporada. Amadureci bastante, disse Pedro Rocha, que já deixa o Cruzeiro no passado. 'Nenhum jogador que passa por este momento (foi rebaixado com o Cruzeiro). Acredito que passou, e 2020, se Deus quiser, será um ano só de vitórias.'

Pedro Rocha não quis comentar como poderá se adaptar ao esquema de jogo de Jorge Jesus. 'Quem pode dizer melhor é o Mister, a comissão técnica. Acredito que toda a comissão vai ver a melhor posição para me encaixar e colocar nos jogos. E também no dia a dia, entrosando com cada um.'

Ao mesmo tempo, o atleta indicou algumas de suas características 'A que mais me identifico é jogando pelos lados, onde sempre me dei bem. Mas procuro estar sempre jogando, quero jogar. Onde a comissão técnica optar por mim eu vou estar à disposição.'


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE