PUBLICIDADE
em MS

Meninas eram filmadas e abusadas pelo namorado da avó quando ficavam na residência

| TOP MíDIA NEWS


Foto: Wesley Ortiz

O vigilante, Cristiano Tomicha Farias, 40 anos, que foi preso em flagrante depois da família achar um pen-drive com vídeos e fotos de sexo envolvendo crianças, também estuprava as netas da namorada, deficiente visual. 

Segundo informações policiais, as vítimas de 10 e 11 anos, relataram os abusos durante depoimento. Ele estaria cometendo o crime desde o ano de 2016.

As crianças choraram muito durante o depoimento, e segundo elas, o vodrasto fazia filmagens delas nuas, mexia nas suas genitálias e as obrigava a fazer sexo oral. Os fatos ocorriam na casa da avó das crianças que é deficiente visual. O autor se aproveitava desse fato para cometer o crime. 

Cristiano teve a prisão preventiva decretada e permanecerá preso até o julgamento. 

Ele não ofereceu resistência à prisão e forneceu a senha do aparelho celular, que havia dezenas de vídeos e fotos de crianças e adolescentes em sexo explícito. 

A delegada Francielle Cadotti, da DPCA (Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e Adolescente), afirmou que o crime foi descoberto, depois que a família achou o pen-drive e colocou na Tv achando ser música. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE