PUBLICIDADE
ação policial

Quadrilha que matou casal de Coronel Sapucaia é presa em Rondônia

| DOURADOS NEWS


Foto: Divulgação

A Polícia Militar da cidade de Cacoal, em Rondônia, prendeu quatro pessoas suspeitas de terem executado o casal Tinho e Rose Lechuga nesta quinta-feira, dia 23 de janeiro, em Aripuanã, no Mato Grosso. Os dois haviam se mudado recentemente de Coronel Sapucaia para a cidade de Rio Branco, no Mato Grosso.

O corpo de Tinho foi o primeiro a ser encontrado às margens do Mirante Salto das Andorinhas, um dos principais pontos turísticos de Aripuanã. Já o corpo de Rose foi encontrado horas depois. O local, no entanto, ainda não foi informado.

As identidades dos dois homens e das duas mulheres presas, suspeitos de envolvimento no crime também ainda não foram divulgadas. Conforme o site Notícias 190 os policiais chegaram até eles ao encontrarem a caminhonete Toyota Hilux, que foi roubada do casal, em um lava-jato na Avenida Das Comunicações, no Bairro Teixeirão em Cacoal.

Os dois homens foram presos no estabelecimento e em seguida as duas mulheres, que foram encontradas em um outro endereço da cidade. Todos foram encaminhados para a Polícia Civil e não está descartada a participação de outros criminosos. Cacoal fica a 234 quilômetros de Aripuanã.

O caso

O casal havia sido visto pela última vez, saindo de casa na companhia de um outro homem, na manhã desta quinta-feira (23). Tinho Lechuca foi encontrado morto com uma lesão no crânio à margem do Mirante Salto das Andorinhas. Já as circunstâncias da morte de sua esposa, ainda não foram divulgadas.

As duas caminhonetes do casal, GM/S-10 e Toyota Hilux também desapareceram após o crime que é tratado até então como latrocínio (roubo seguido de morte). Ainda não há informações sobre quais objetos ou valores em dinheiro teriam sido levados, além dos carros.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE