PUBLICIDADE
Corumbá

Sob epidemia, escolas de samba reforçam campanha contra Aedes aegypti

| CAMPO GRANDE NEWS


Agentes de saúde se espalham para ações de combate (Foto: Divulgação)

As escolas de samba de Corumbá também abraçaram a campanha contra Aedes aegypti. A cidade com o maior carnaval do Estado enfrenta epidemia de dengue.

Neste domingo, a partir das 19h, está previsto o lançamento da campanha “Escolas de Samba Unidas contra a Dengue”, no Porto Geral, durante o Esquenta Corumbá, evento para aquecer os tambores para a folia.

“As escolas de samba são polos de encontros sociais nos bairros. A luta da cidade também é a nossa luta, e nesse período, as escolas de samba e toda a diretoria da Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá), estão mais do que nunca unidos contra a dengue”, diz José Martinez Neiva, presidente da entidade.

O município já registrou duas mortes por dengue somente neste ano. A última foi da professora Dúnia Safa, de 24 anos. Até o dia 6 de fevereiro foram 1.449 casos notificados no município, superando os 1.403 de todo o ano passado. A primeira morte registrada foi de Lucian Andrade, de 29 anos, no dia 9 de janeiro.

Os bairros com mais casos suspeitos são Cristo Redentor, Popular Velha, Centro, Guanã, Dom Bosco, Aeroporto, Guatós, Maria Leite e Nova Corumbá.

Em Mato Grosso do Sul, dez pessoas morreram por dengue neste início de ano. Os outros casos ocorreram em Campo Grande (2), Sete Quedas, Cassilândia, Pedro Gomes, Nova Andradina, Caarapó e São Gabriel do Oeste.

Além de Corumbá, outros 39 municípios enfrentam alta incidência da doença, quando há acima de 300 casos por 100 mil habitantes: Alcinópolis, Pedro Gomes, Caracol, Bonito, São Gabriel do Oeste, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Sete Quedas, Jardim, Rio Verde, Deodápolis, Sonora, Jateí, Novo Horizonte do Sul, Glória de Dourados, Costa Rica, Itaporã, Santa Rita do Pardo, Fátima do Sul e Guia Lopes da Laguna.

Também aparecem nesta situação Chapadão do Sul, Aral Moreira, Ladário, Coxim, Rio Negro, Paranhos, Naviraí, Tacuru, Água Clara, Três Lagoas, Miranda, Vicentina, Mundo Novo, Bela Vista, Ribas do Rio Pardo, Porto Murtinho, Angélica e Figueirão.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE