PUBLICIDADE
Bataguassu

Cansado de furtos, fazendeiro colocou rastreadores dentro de sacos de sal

O funcionário, por sua vez, foi localizado e confessou ter furtado a mercadoria e vendido, por várias vezes, abaixo do preço de mercado

| MIDIAMAX


Foto: Mercadorias apreendidas pelo DOF. Foto: Divulgação

Cansado de furtos, um fazendeiro de Bataguassu, município a 335 quilômetros de Campo Grande, colocou rastreadores dentro de sacos de sal mineral usado na suplementação alimentar de bovinos. A medida surtiu efeito e, nesta terça-feira (18), dois homens foram presos pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), entre eles um funcionário da fazenda.

As prisões ocorreram no âmbito da Operação Hórus, realizada pela Seopi (Secretaria de Operações Integradas), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com apoio da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul). Durante policiamento na região, os agentes foram informados de reiterados furtos de sal em uma fazenda. 

O proprietário disse que colocou rastreador nos sacos e que o sinal vinha de um sítio ao lado da propriedade. No local, os policiais falaram com o dono que autorizou a entrada no sítio. Questionado sobre o produto furtado, o homem de 45 anos de idade disse que havia comprado 16 sacos de sal do um funcionário da fazenda.

O funcionário, por sua vez, foi localizado e confessou ter furtado a mercadoria e vendido, por várias vezes, abaixo do preço de mercado. O dono do sítio foi preso por receptação e o funcionário da fazenda pelo crime de furto. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE