PUBLICIDADE
fim da novela

Rony deixa o Athletico e é o novo reforço do Palmeiras

| GAZETA ESPORTIVA


Rony assinou contrato até o fim de 2024 com o Palmeiras (Foto: CAP)

Foram quase dois meses de muita negociação, entreveros, discussões e reviravoltas, mas, enfim, o futuro de Rony foi definido. Na manhã desta sexta-feira, o atacante de 24 anos concluiu sua transferência do Athletico para o Palmeiras. A Gazeta Esportiva apurou que os contratos foram assinados e Rony deve desembarcar em São Paulo nas próximas horas.

O Verdão vai pagar 6 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões) por 50% dos direitos econômicos do atacante de 24 anos. Desse montante, Rony e seu staff receberão 1,5 milhão, aproximadamente (R$ 7,1 milhões).

O nível de desconfiança entre as partes é tão grande que os representantes de Rony exigiram que o valor fosse pago sem passar pelo Furacão.

Além disso, para acabar com as divergências entre Athletico e Rony, o Palmeiras também topou pagar 500 mil dólares (R$ 2,1 milhões) de luvas e comissão.

O clube paranaense manteve 35% dos direitos econômicos e Rony os 15% restantes. De novo a fim de evitar qualquer novo obstáculo, o Palmeiras aceitou ter de repassar 10% de sua parte em caso de uma venda durante o período do vínculo, que terá vencimento no fim de 2024. Ou seja, Rony receberá, ao todo, 25% em uma eventual nova transferência.

Esse acordo de repasse dos 10% não estará no contrato que será inscrito na CBF, e sim em um documento ‘de gaveta’, que servirá de garantia aos representantes do jogador.

A Gazeta prefere não divulgar o salário proposto pelos paulistas, mas o aumento em relação ao que Rony recebe atualmente em Curitiba é de 120%, com bônus R$ 50 mil ao ano. O valor total será dividido em 60% na carteira e 40% em direitos de imagem.

A multa rescisória de Rony para o mercado interno será de R$ 540 milhões.

Com a camisa rubro-negra, Rony fez 73 partidas, marcou 13 gols e conquistou três títulos: Paranaense, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE