PUBLICIDADE
Caarapó

Igreja de Caarapó coloca fotos dos fiéis nos bancos para celebrar o Domingo de Ramos

| CAARAPONEWS/JOSé CARLOS


Com as medidas de restrições adotadas para evitar a propagação do coronavírus, a Igreja Senhor Bom Jesus de Caarapó, teve uma ideia inusitada para manter a tradição da comemoração do Domingo de Ramos, que foi celebrado neste dia 5 em todo País.

De acordo com o pároco Ademir Fontana com a Igreja Matriz fechada temporariamente, por conta do Covid-19, a saída para a referida celebração foi à colocação de mais de 200 fotos com as imagens das famílias de Caarapó.

“Dessa forma cada um participou diretamente de sua casa e mantemos a tradição dessa importante celebração. O ato serviu também para representar o sinal de unidade e de comunhão dos irmãos”, salientou o pároco.

Segundo o estagiário seminarista que se prepara para a ordenação diaconal, Cristiano dos Santos Questionado sobre como surgiu a ideia o mesmo disse que a atitude era trazer paz no coração da liderança. “Não está sendo fácil realizar as celebrações com a paróquia fechada, em que o povo que é a família da igreja”, observou o seminarista.

“Essa ideia veio trazer mesmo que por fotografias as pessoas que ali estavam todos os dias das missas, principalmente nessa Semana Santa que para nós tem uma representatividade muito grande. Mesmo vendo a igreja vazia, mas com as fotos nos bancos isso nos traz uma alegria. O que importa é que mesmo diante desse problema mundial que estamos enfrentando, podemos dizer que nossa igreja é isso, é uma unidade e fraternidade. Creio que somos a única de Mato Grosso do Sul que teve essa ideia. Isso quer dizer que a liderança não está sozinha e a igreja não está vazia”, disse Cristiano.

O religioso disse ainda que outro gesto bonito foi que a vários integrantes da comunidade católica, após a celebração do Domingo de Ramos, mesmo com a igreja fechada, mais de 300 pessoas passaram defronte a paróquia para receber a benção dos ramos. “Quem passava colocava os ramos para fora do carro e a gente jogava água benta e abençoava”, explicou.

“Posso dizer que apesar de vivermos um momento muito difícil, nós de Caarapó estamos vivendo um momento muito rico no lado espiritual. Nosso desejo é que Deus continue abençoando e que não venhamos ter nenhum caso do coronavírus e que logo tudo volte ao normal”, finalizou Cristiano dos Santos.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE