PUBLICIDADE
A Fazenda

"Ainda estou com as mãos calejadas", diz Karina Bacchi

| FOLHA


A vitória de Karina Bacchi no reality show "A Fazenda 2", na última quarta-feira (10), significa a quebra de um jejum de quase dez anos na história dos realities brasileiros.
 

À exceção de Bárbara Paz, que venceu "Casa dos Artistas" em 2001, Karina é a primeira mulher com o perfil "gostosa" que sai vencedora desse tipo de competição.
 

"Tem muita gente que acha que mulher bonita é fútil. As pessoas pensam: 'olha lá, mais um corpinho bonito'. A beleza só me ajudou por que as pessoas esperavam tão pouco de mim que eu precisei de pouco pra surpreender", disse Karina em entrevista à Folha Online.


"Ao contrário do que as pessoas podiam pensar, eu mostrei que tenho valores. Uma vez o Jayme Monjardim [diretor de novelas da Globo] me disse que a minha grande vantagem sobre outras atrizes era essa: ter valores."
 

Karina se diverte com a própria situação: "Sou meio perua, mas em 'A Fazenda' tive que deixar a vaidade de lado e pegar na enxada. Ainda estou com as mãos calejadas e as unhas quebradas."
 

Com o prêmio de R$ 1 milhão, a atriz quer fazer reformas na ONG Florescer, presidida por sua mãe, Nádia Bacchi. "Um dinheiro desse tem que ser muito bem pensado", diz Karina.
 

Ela também pretende discutir o seu futuro na emissora, com a qual tem contrato acertado pelo menos até o final deste ano. "Já estamos pensando em renegociar para aumentar o tempo", afirma, mas diz que pode avaliar convites de outras emissoras.
 

Carreira
 

"Chega uma hora em que você precisa fazer escolhas. Eu quero fazer reportagens, apresentar programas, esse tipo de coisa. Meu contrato com a Record é de apresentadora", explica.
 

Mas os realities devem ficar para trás, ao menos os rurais --ela e a modelo Ticiane Pinheiro, mulher de Roberto Justus, protagonizaram "Simple Life - Mudando de Vida", em 2007.
 

"Faria outro reality, mas acho que eu já aprendi tudo o que podia [nos rurais]", diz, imaginando sua ex-colega em seu lugar. "Acho que ia ser engraçado ver a Tici [Ticiane Pinheiro] em 'A Fazenda 3', mas não sei se ela ia aguentar", diz Karina.
 

Amadurecimento
 

Hoje, Karina diz que está em um de seus melhores momentos pessoais e que ainda tem "muito a realizar" em sua carreira. Mas a atriz passou por maus bocados no último ano.
 

Em dezembro de 2008, o pai da atriz foi preso em flagrante por atropelar quatro pessoas e matar uma em Ilhabela, no litoral de São Paulo. Um mês depois, Karina terminou o noivado e cancelou o casamento com o empresário turco Yalin Bilgin.
 

"Fugi da fama, porque as pessoas não foram bacanas comigo e eu não queria mais aparecer. Eu amadureci muito. Não quero que as pessoas pensem que participei do programa para voltar pra mídia. Nem todos estão lá para sair do anonimato, cada um tem o seu motivo", opina.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE