PUBLICIDADE
Chapadão do Sul

Mulher é morta a facadas na frente da mãe após discussão com o marido

Descontente com a resposta, Veranilto deu início a uma discussão que foi intermediada pela mãe da vítima, Aldenir Barbosa da Silva, de 57 anos

| CLAYTON NEVES / CAMPO GRANDE NEWS


Ao chegar no local, Veranilto perguntou se vítima ainda o amava e não gostou da resposta. (Foto: Correio News)

Mais um feminicídio foi registrado em Mato Grosso do Sul. Desta vez, Aldeni Clara da Silva, de 32 anos, morreu na noite desta sexta-feira (26) em Chapadão do Sul após ser esfaqueada pelo homem com quem mantinha relacionamento, identificado até o momento apenas como Veranilto. A mãe da vítima entrou na frente da filha, mas foi esfaqueada e não conseguiu impedir o crime.

De acordo com informações dos sites Correio News e Jovem Sul News, o filho da vítima, de 15 anos, contou à polícia que o autor chegou até a casa e perguntou se Aldeni ainda o amava. A mulher então o lembrou de que era maltratada diariamente por ele.

Descontente com a resposta, Veranilto deu início a uma discussão que foi intermediada pela mãe da vítima, Aldenir Barbosa da Silva, de 57 anos. A sogra foi agredida por ele.

Em seguida, o criminoso quebrou uma mesa na cozinha, empurrou Aldeni contra a parede e a esfaqueou diversas vezes. Desesperada, a mãe da vítima entrou no meio e acabou sendo atingida por uma facada na região da axila. Ela foi socorrida por vizinhos e levada até o hospital da cidade. Já a filha não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Após o crime, o autor pegou uma garrafa de água e a faca do crime, e saiu em direção a um matagal que fica próximo ao local.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE