PUBLICIDADE
Solidariedade

Leonardo implora a autoridades pela liberdade de Ronaldinho Gaúcho

| RD1


Leonardo comenta situação de Ronaldinho Gaúcho no Paraguai (Imagens: Reprodução/ Instagram)

Leonardo chamou a atenção do seu público, durante uma live realizada no último sábado (4), quando fez um apelo às autoridades pedindo que Ronaldinho Gaúcho deixe a prisão no Paraguai. O cantor fez referência ao fato do ex-jogador e o irmão estarem cumprindo prisão domiciliar, desde março.

“Autoridades desse país, por favor, pelo amor de Deus, embaixada brasileira, vocês esqueceram do nosso Ronaldinho Gaúcho? Ele está lá no Paraguai, detido até hoje. Pelo amor de Deus, gente. O que esse homem fez?”, questionou o sertanejo.

O artista ainda acrescentou: “Eu não sei qual é o crime que ele cometeu, mas eu tenho certeza que o Ronaldinho está fora dessa. Esse cara é maravilhoso. É o nosso ídolo”.

“Nós brasileiros, torcedores de todos os times, desde a Série D até a torcida do Flamengo, que hoje é primeira do país, torcida do Corinthians, Palmeiras, nós imploramos para vocês, autoridades brasileiras, façam alguma coisa pelo Ronaldinho Gaúcho”, completou Leonardo.

Ronaldinho e seu irmão, Roberto de Assis Moreira, cabe lembrar, foram detidos após chegar a Assunção, e estão presos de maneira preventiva, que pode durar até seis meses, no país vizinho.

Eles são investigados por uso de passaportes falsos no Paraguai, além de outros crimes. O ministro da Secretaria Nacional Anticorrupção do Paraguai, René Fernández, afirmou ao G1 que há indícios de que Ronaldinho Gaúcho e Assis depositaram aproximadamente 59 milhões de guaranis (cerca de R$ 42,6 mil) em uma conta de um banco público para dar início aos trâmites de naturalização.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE