PUBLICIDADE
figueirão

PM é encontrado morto, 2º caso tratado como suicídio em três dias

O órgão também negou que a causa da morte tenha sido suposta desavença envolvendo o militar, conforme hipótese levantada por moradores

| CAMPO GRANDE NEWS


Iago Kammler tinha 26 anos e há 4 era soldado da Polícia Militar. (Foto: Divulgação)

Soldado da Polícia Militar, Iago Kammler, de 26 anos, foi encontrado morto na noite deste sábado (12) na casa onde ele morava em Figueirão. Antes de morrer, o militar enviou uma mensagem de despedida aos colegas de profissão, onde pedia que eles continuasse “lutando contra o mal”. O caso é tratado como suicídio.

Em publicações nas redes sociais, PMs retrataram Kammler como “policial militar dedicado, apaixonado pela profissão e destemido”. “Sua imagem sempre viverá entre nós; policiais militares”, publicou a 4° Companhia Independente de Polícia Militar.

O órgão também negou que a causa da morte tenha sido suposta desavença envolvendo o militar, conforme hipótese levantada por moradores.

2º caso - Este o segundo caso investigado como suicídio envolvendo agente da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Na última quinta-feira (9),  O cabo Hudson Vieira Duarte, de 43 anos, foi encontrado morto na casa onde morava, no Jardim Anache, em Campo Grande. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE