PUBLICIDADE
polêmica

Felipe Neto surpreende e dispara contra a CNN Brasil e seus diretores

| RD1


Felipe Neto soltou o verbo contra a CNN Brasil (Imagem: Reprodução/ Youtube)

Felipe Neto usou o seu perfil no Twitter novamente para tecer críticas contra a CNN Brasil. O youtuber voltou a falar sobre os debates promovidos pelo canal de notícias e aproveitou para expor os diretores da rede de televisão.

“O que está por trás da tal ‘pluralidade’ da CNN Brasil. A direita radical encontrou na CNN Brasil um recanto para validar suas loucuras. Sistematicamente, o canal iguala no mesmo nível pessoas como Leandro Karnal e Gabriela Prioli, com Osmar Terra e Caio Miranda”, afirmou ele.

O influenciador seguiu: “Sob a falácia da ‘pluralidade’, a CNN Brasil vem validando discursos radicais que jamais deveriam ganhar espaço em um jornalismo sério. Recentemente, se viu obrigada a demitir o [Leandro] Narloch, que nós alertamos há ANOS como um negacionista e terrível revisionista histórico”.

“É chocante ver o que vem acontecendo. O simples fato de ter contratado Narloch já era um indicativo da validação de negacionistas e obscurantistas, mas a coisa vem piorando. Hoje, Osmar Terra DE NOVO foi chamado pra negar a gravidade da pandemia e pedir fim do isolamento”, disparou o famoso.

Felipe Neto, então, falou da relação dos diretores da CNN com Jair Bolsonaro (sem partido). “Aí você pensa: “ok, como é possível um troço desse?”. A explicação está na origem. O maior investidor da CNN Brasil é um empresário chamado Rubens Menin. Já o chefão de conteúdo é um jornalista chamado Douglas Tavolaro”.
“Rubens Menin, o ‘chefe supremo’ da CNN Brasil, não só é um entusiasta de Bolsonaro… Ele doou grandes quantias de dinheiro para campanhas de 20 políticos de direira em 2018. Já o chefão de conteúdo da CNN Brasil, Douglas Tavolaro, é ninguém menos que o autor da biografia do Bispo Edir Macedo”, comentou ele.

“O resumo é simples: a CNN Brasil já nasceu com agenda. O uso de jornalistas progressistas é usado muito mais para validar os discursos negacionistas e obscurantistas dos opositores do que para levantar o bom jornalismo. É uma emissora com objetivo sócio-político.”

Felipe encerrou: “Por fim, deixo minha solidariedade a todos os jornalistas e outros profissionais sérios e competentes que trabalham hoje na CNN Brasil, alguns inclusive meus amigos. O jogo é duro, o meio está um caos. É um ‘salve-se quem puder’ e sinto muito pela situação”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE