PUBLICIDADE
amambai

Polícia aborda caminhão e identifica que dono estava sendo feito de refém

A PMA abordou o homem de 34 anos, residente em São Paulo, que conduzia o caminhão e demonstrou nervosismo exagerado

| DOURADOS NEWS


Foto: Divulgação PMA

No final da manhã desta terça-feira (21), policiais militares ambientais de Amambai, deram ordem de parada ao condutor de um caminhão e identificaram na abordagem que o verdadeiro dono do veículo estava sendo feito de refém naquele momento. O caso ocorreu na MS-156. 

A PMA abordou o homem de 34 anos, residente em São Paulo, que conduzia o caminhão e demonstrou nervosismo exagerado. Durante análises, o veículo não apresentava queixa de furto ou roubo, porém, havia um crachá de uma outra pessoa dentro da carreta. 

Diante disso, os policiais fizeram contato com a seguradora que passou o telefone do irmão do proprietário do veículo, o qual informou que ele teria pego um frete para Santa Catarina e desde ontem (20) não se conseguia mais contato com o mesmo.

Durante as checagens o telefone celular do suspeito tocou e um policial atendeu. A pessoa ao telefone indicava um local para a entrega do veículo em Ponta Porã e, quando percebeu que não era o contratado que atendia, informou que estava com a vítima em cativeiro e que estaria o libertando, por não haver mais interesse, em razão da apreensão.

O motorista foi solto, fez contato com a família, informou do assalto. Disse ainda que estava bem e iria para a delegacia registrar a queixa. 

A vítima foi assaltada em São Paulo, nesta segunda-feira (20), por volta das 15h, sendo que só foi liberado no momento da apreensão, quase 24 horas depois.

A PMA apreendeu o caminhão, deu voz de prisão ao condutor do veículo, e o conduziu à Delegacia Polícia Civil de Amambai, juntamente com o veículo roubado. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de roubo.

A pena para o roubo é de reclusão de quatro a dez anos.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE