PUBLICIDADE
Geral

Comercial de cerveja com Paris Hilton tem 3 processos no Conar

| INVERTIA


O Conselho Nacional de Autoregulamentação Publicitária (Conar) informou nesta quarta-feira que abriu três processos éticos para analisar a campanha de lançamento da cerveja Devassa Bem Loura, da Schincariol, que teve a socialite Paris Hilton como garota propaganda. Os processos foram instaurados por supostas violações às restrições impostas pelo Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.


Segundo informações do Conar, um dos processos, aberto após denúncia de um consumidor, analisa a campanha e investiga a "utilização de apelos à sexualidade e desrespeito moral às mulheres".


O segundo processo, que foi aberto diretamente pelo Conar no decorrer da semana, trata de uma promoção que teria ficado disponível no site da cerveja e que poderia estimular o uso excessivo de bebida alcoólica.


Já a terceira ação foi aberta no início da tarde desta quarta-feira após denúncia da Secretaria Nacional dos Direitos da Mulher e trata de conteúdo disponível na página oficial do produto.


A Schincariol investiu em diversas mídias para promover nova cerveja da linha Devassa. Foi montado um camarote no sambódromo do Rio de Janeiro, para a circulação de artistas durante as apresentações das escolas. Os comerciais do produto foram destacados durante os intervalos da transmissão do Carnaval pela televisão e até mesmo Paris Hilton, a garota propaganda da nova marca, veio ao País.


A cervejaria informa que não foi notificada oficialmente sobre os processos e, portanto, prefere não se posicionar.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE