PUBLICIDADE
Política

PSB-MS reafirma autonomia para formação de alianças

| ASSESSORIA


O presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Mato Grosso do Sul, Sérgio Assis, que também é membro da direção nacional, afirmou na manhã hoje (25/02) que o diretório estadual peessebista tem total autonomia para conduzir e decidir sobre a negociação de futuras alianças para as eleições. Segundo Assis, o PSB é um partido que é realmente diferente e que de forma alguma impõe decisões unilaterais.


“Estou em constante contato com a executiva nacional do partido e afirmo categoricamente que nós temos liberdade para conduzir as conversações sobre alianças de forma livre em cada estado. Decidindo o que é melhor para cada região. A nossa posição já foi amplamente discutida em nível estadual e nacional e temos como prioridade a eleição de deputados estaduais e federais. Não há e nem haverá imposições da executiva nacional, como já foi inclusive declarado pelo deputado federal Ciro Gomes quando esteve em nosso estado e até mesmo pelo nosso secretário geral senador Renato Casagrande (PSB –ES)”, destacou o líder socialista.

Ele acrescentou que essa autonomia é fruto do crescimento do PSB no estado e que as alianças serão definidas em um colegiado.
“Estaremos decidindo juntos. A executiva estadual, os dirigentes de diretórios, vereadores, prefeitos e pré-candidatos. Até mesmo porque essa decisão é de interesse de todos e precisa ser consensual”, explicou.
Comentando sobre a candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) a Presidência da República, Assis ponderou:
“Essa pré-candidatura já é fato dentro do diretório nacional, é uma decisão tomada. Mas sua viabilidade não interfere nas decisões estaduais. É óbvio que torcemos para que Ciro se viabilize. Creio que seria o ideal para o Brasil e para nós de Mato Grosso do Sul. Mas de qualquer forma a situação estadual será respeitada e escolheremos de que lado ficar conforme o melhor para o PSB sul-mato-grossense”, concluiu.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE