PUBLICIDADE
Dourados

Em fazenda de MS, fotógrafo flagra passagem de cometa Neowise

| G1 MS


Registro do cometa Neowise 30 km de Dourados — Foto: Maycon Zanata/Arquivo pessoal

O fotógrafo e empreendedor Maycon Zanata, de 28 anos, flagrou em uma fazenda na beira de uma rodovia o cometa Neowise, que aparece a cada 6 mil anos na terra. O registro foi feito na tarde dessa segunda-feira (27) em Dourados.
De acordo com Maycon, os locais da foto ficam a 30 km do município e eram lugares que ele já havia passado antes. “Fui um pouco antes do pôr do sol, preparei o equipamento e já deixei pronto, escolhi o melhor ângulo e quando o cometa apareceu foi só fazer a foto”.
Fascinado pela natureza, o empreendedor tem como hobbie a astronomia. Ele contou ao G1 que desde criança sempre foi muito curioso e hoje faz desses acontecimentos momentos únicos e registros para a história.
“Foi maravilhoso capturar a imagem do cometa, a natureza é fascinante. Sou viciado em fotografar momentos únicos como este, inclusive sou caçador de tempestades e busco temporais com chances de tornados pelo Brasil, sempre com o objetivo de tentar registrar acontecimentos raros”.
A paixão do caçador é tão grande que ele afirma que vezes não tem vontade nem de fazer a foto, mas de apenas apreciar os fenômenos.
Cometa Neowise
Visto inicialmente em países do hemisfério norte, existem relatos que no Brasil ele tenha aparecido nos dias 20 e 21 de julho nas regiões norte e nordeste. A orientação é usar aparatos, como binóculos, para poder ver a passagem do cometa, mas tudo depende das condições do tempo e também da luminosidade dos locais.
Aparecendo a cada 6 mil anos na terra, o cometa vem acompanhado de uma chuva de meteoros e deve ficar visível até quinta-feira (30) em Mato Grosso do Sul.

Registro do cometa Neowise 30 km de Dourados — Foto: Maycon Zanata/Arquivo pessoal
*Estagiária com supervisão


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE