PUBLICIDADE
Política

Serra terá palanque em MS com apoio ou não de Puccinelli, diz Marisa

| MIDIAMAX


A vice-presidente nacional do PSDB, senadora Marisa Serrano, assegura que o candidato de seu partido à Presidência da República, provavelmente o governador de São Paulo José Serra, terá palanque em Mato Grosso do Sul com ou sem o apoio do governador André Puccinelli (PMDB).

Para a senadora, Puccinelli deve avaliar os prós e contras sobre apoio à pré-candidata do Partido dos Trabalhadores, a ministra da Casa Civil Dilma Roussef. “A decisão é dele. Nós temos candidato para presidência da República e o BDR (Bloco Democrático Republicano) vai ter palanque em Mato Grosso do Sul”, afirma Marisa.
 

Marisa participa hoje (22) em Brasília (DF) de uma reunião com a cúpula nacional do PSDB, onde será dado o pontapé inicial para a batalha eleitoral de 2010. “Ainda não temos nenhuma reunião marcada com o governador. Todo mundo está voltando do Carnaval, mas teremos uma reunião nesta segunda para definir algumas posições sobre as eleições, agora que começa o ano de luta e vitória”.
 

Na opinião da senadora, o presidente Lula estaria sendo coerente em apoiar o pré-candidato de seu partido, Zeca do PT. “Seria no mínimo estranho o presidente não apoiar um candidato ao governo do seu partido”.
 

A declaração foi dada em resposta à notícia publicada em primeira mão pelo Midiamax de que o presidente Lula confidenciou aos deputados federais Vander Loubet e Dagoberto Nogueira que vai entrar de cabeça na campanha de Zeca caso o governador André Puccinelli negue apoio à Dilma e suba no palanque de José Serra ou outro candidato de oposição.
 

A reportagem do Midiamax tentou entrar em contato com o presidente regional do PSDB, o deputado estadual Reinaldo Azambuja, mas ele não atendeu os telefonemas.

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE