PUBLICIDADE
Caarapó

Ivinhema: Mulher vai dar à luz, médicos brigam e criança morre

| MIDIAMAX


A Polícia Civil de Ivinhema vai investigar a morte de um bebê ocorrida na tarde desta terça-feira no hospital do município. Durante o parto da vítima, dois médicos acabaram trocando socos na sala de cirurgia.


Gislaine deu entrada no hospital em trabalho de parto acompanhada do médico identificado pelo nome de Orozino,já que foi ele quem fez o todo o pré-natal. Quando ela já estava na sala de parto, iniciado todo o procedimento cirúrgico, o medico plantonista do hospital, Sinomar entrou na sala iniciando um desentendimento entre os dois.
 

Segundo informações do site Ivinotícias, o médico do hospital teria se sentindo desrespeitado por seu colega estar fazendo o parto, já que ele era o médico plantonista. A discussão acabou evoluindo para agressões recíprocas entre eles, enquanto Gislaine estava na mesa de cirurgia esperando para dar à luz.
 

Por conta da briga, a mulher ainda em trabalho de parto teve que ser reconduzida a um dos quartos do hospital, interrompendo o parto.
 

Aproximadamente uma hora e trinta minutos depois, Gislaine foi levada novamente para a sala de parto acompanhado pelo medico Humberto, onde foi submetida a uma cesariana, porém, o bebê nasceu morto.
 

O caso vai ser investigado pela Polícia Civil, pois segundo o site, durante o pré-natal a criança estava bem e durante a briga entre os médicos deixou a mãe muito nervosa, fato que pode ter contribuído para a morte do bebê.
 

Um boletim de ocorrência foi registrado.

iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE