PUBLICIDADE
após isolamento

Carlos Alberto de Nóbrega conta que chorou quando voltou ao SBT

| ESTRELANDO


Foto: Divulgação

Carlos Alberto de Nóbrega voltou a falar sobre a pandemia - dessa vez em entrevista ao colunista Leo Dias.

O veterano da TV contou que ficou triste e se sentiu velho com as consequências do coronavírus, como o isolamento social:

Nunca me senti tão velho. Eu faço academia, trabalho, penso, leio, escrevo, estou atualizado. De repente, estou me sentindo velho. Comecei a sentir isso. E ouvir: Você não pode ir por causa da sua idade. Isso me trouxe medo, admito. Isso é o que está me incomodando. O único medo que eu tenho. Trabalho, a gente volta a trabalhar. O meu medo é a minha cabeça. Não posso mais me sentir velho.

Ele contou então que, após ficar uma temporada em seu sítio e voltar para São Paulo, ficou incomodado com o fato de que muitos participantes da Praça é Nossa trabalham por cachê, e não contrato:
Queria voltar de qualquer maneira, [pensei], se for preciso, vou pedir ao Silvio. Na terça-feira, quando voltei, cheguei em casa e recebo a notícia de que Eliana pegou o vírus. O que aconteceu é que fui pela primeira vez à televisão. Eu tive uma crise de choro quando entrei.

Carlos conta por que motivo chorou:

O Vazio. Nós somos uma fábrica de sonhos. Nós somos uma Disney, vamos dizer assim, para o telespectador. Então, você chega lá, tem aqueles carros, o pessoal movimentado, três programas ao mesmo tempo no estúdio. De repente é aquele vazio, triste, ninguém. Você via um funcionário, amigo seu, tinha medo de chegar perto. Eu empurrei a porta com o cotovelo... na minha casa!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE