PUBLICIDADE
Geral

Acusado de matar empresário a facadas TJ mantém Pavão em liberdade

| CAMPO GRANDE NEWS


A 1ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou, nesta terça-feira, recurso do MPE (Ministério Público Estadual) contra a libertação do ex-vereador de Naviraí, Laurentino Pavão de Arruda, 45 anos, acusado de matar um empresário e ferir a mulher a facadas.
 

O recurso contra o Habeas Corpus foi indeferido por unanimidade na sessão de ontem à tarde. A relatora do processo foi a desembargadora Marilza Lúcia Fortes. O procurador Guilherme Ferreira Dutra Júnior havia opinado contra a liberdade do ex-parlamentar e recorreu.
 

Com a decisão, Arruda continuará em liberdade e com o compromisso de se apresentar semanalmente à Justiça. Ele foi preso pela Polícia Federal em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz divisa com Coronel Sapucaia, no dia 28 de agosto deste ano.
 

No final de junho deste ano, ele matou a facadas o empresário Emmanoel Peres Marques, 46, e feriu a mulher, Ana Maria de Oliveira, 25.
 

Laurentino Pavão de Arruda foi candidato a prefeito de Naviraí pelo PDT e vereador do município até 2008. Agora, responderá ao crime de homicídio doloso triplamente qualificado e tentativa de homicídio.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE