PUBLICIDADE
brasileirão

Em jogo eletrizante, Atlético-MG vira sobre o Corinthians no Mineirão

| LANCE


Atlético-MG venceu o Corinthians de virada em Belo Horizonte (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Na estreia do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG continuou sua boa fase e venceu o Corinthians, de virada, por 3 a 2, no Mineirão, pela 2ª rodada do Nacional. Em jogo muito disputado, o Timão abriu 2 a 0, mas viu o Galo virar em quinze minutos na segunda etapa. 

Sem somar pontos, a equipe de Tiago Nunes volta aos gramados no próximo sábado, quando enfrenta o Grêmio, às 19h, na Arena gremista. Já o Atlético-MG recebe o Ceará, no domingo, às 11h. 

Quem não faz...

A partida começou com o Atlético-MG tomando as rédeas do jogo. A primeira grande oportunidade foi do Galo. Logo no primeiro minuto, Marquinhos fez uma uma inversão para Keno, que chutou cruzado, mas não encontrou ninguém pra empurrar pro gol. A pressão continuou. Aos 7, Nathan fez uma boa jogada pelo meio e lançou Marrony, que chutou para boa defesa de Cássio. O Atlético tentou, mas não conseguiu marcar. E quem abriu o placar foi o Corinthians. Aos onze minutos, Guga recuou mal, Sidcley recuperou e tocou para Araos. O chileno bateu para o gol, mas Jô colocou a cabeça na bola para fazer 1 a 0. 

Pressão do Galo, Cássio salva e Corinthians aproveita

Após o gol, o Atlético-MG ficou mais ofensivo e saiu em busca do gol de empate. Aos 14 minutos, Guga bateu de fora da área, a bola desviou, mas Cássio se recuperou e fez boa defesa. Aos 24, a melhor chance do Galo. Nathan fez grande jogada e deu lindo passe para Alan Franco, no meio da área. O camisa 21 finalizou de primeira, com estilo, sem deixar a bola cair, no ângulo. Cássio se esticou todo e fez uma defesa espetacular, evitando o empate. Até que o Corinthians foi fatal novamente. Mateus Vital carregou e deu lindo passe para Jô. Na área, o centroavante escorou de letra, com muita categoria, deixando Araos no jeito pra finalizar. O camisa 21 chutou cruzado, sem chances pra Rafael, e ampliando o placar pro Timão: 2 a 0.

Estrela de Sampaoli brilha e Galo Doido reage

O segundo tempo começou como na primeira etapa. Com segundos de bola rolando, Hyoran, que havia entrado no intervalo, chutou e Cássio defendeu. A pressão continuou e o Galo não desistiu. Aos seis minutos, Guga cruzou, Hyoran dominou e, na entrada da área, finalizou no cantinho para diminuir. Logo depois, o Galo empatou. Aos dez minutos, Savarino bateu cruzado, Cássio espalmou e Hyoran, novamente, empatou a partida. O bandeira assinalou impedimento, mas o VAR confirmou o gol. 

Vira virou em quinze minutos

Quem imaginou que o Atlético-MG ficaria satisfeito com o empate se enganou. Com um Corinthians visivelmente cansado, os comandados de Sampaoli se animaram e viraram a partida. Aos quinze minutos, Nathan recebeu de Arana, e bateu de fora da área. A bola fez uma curva, bateu na trave e entrou no cantinho de Cássio. Aos 21 minutos, Keno foi lançado, carregou e tentou uma finalização no cantinho. A bola explodiu na trave corintiana.  Aos 27 minutos, Réver marcou, mas o gol foi anulado pelo VAR. 

Corinthians quase empata no final

Com o Atlético-MG em vantagem, a partida acabou ficando lá e cá, mesmo com o Galo ainda tendo um certo controle da partida. Aos 36 minutos, Marrony cabeceou e Cássio defendeu. Porém, o Corinthians não desistiu e quase chegou ao empate. Aos 44 minutos, Sidcley cruzou na área, Rafael saiu mal e Jô chutou. Réver, zagueiro atleticano, tirou em cima da linha. Aos 50 minutos, Avelar subiu de cabeça e Rafael fez uma bela defesa. A pressão continuou e, aos 52 minutos, Cantillo bateu mal de fora da área. Fim de jogo e vitória atleticana em partida muito disputada. 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 3 X 2 CORINTHIANS
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 12/8/2020, às 19h15
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ), auxiliado por Luiz Cláudio Regazone e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Gabriel (COR) 27 do primeiro tempo
Cartão Vermelho: -

Gols: Hyoran (duas vezes) e Nathan (Atlético-MG); Ángelo Araos, Jô (Corinthians)
Cartão amarelo: Gabriel (Corinthians)

ATLÉTICO-MG: Rafael; Guga, Réver, Alonso e Guilherme Arana; Jair, Franco (Savaino) e Nathan (Allan); Marquinhos (Hyoran), Keno (Fábio Santos) e Marrony (Mariano). Técnico: Jorge Sampaoli

CORINTHIANS: Cássio; Michel Macedo, Bruno Méndez, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel e Éderson (Cantillo); Ramiro (Gabriel Pereira), Ángelo Araos (Ruan Oliveira) e Mateus Vital (Janderson); Jô. Técnico: Tiago Nunes


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE