PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó: Após furtar bicicleta, indígena ataca Policial e acaba morto

A corregedoria da Policia Militar já determinou a abertura de Inquérito Policial

| REDAçãO - CAARAPONEWS


Um policial militar, que teve seu nome preservado, impediu que o parceiro fosse vítima de esfaqueamento. Os PMs tentavam prender um ladrão de bicicleta que avançou num dos policiais e tentou feri-lo, obrigando o companheiro a defendê-lo com um disparo.
 

  No fim da tarde de ontem, quarta-feira (24), em Caarapó, um cabeleireiro de 29 anos, teve sua bicicleta furtada em frente a um supermercado. O autor, Jackson Vilhalva, de origem indígena, fugiu em direção à estrada que dá acesso à aldeia indígena Te’Yikuê no município.
    A vítima seguiu o bandido na garupa de uma moto e avisou a Polícia Militar que havia visto Jackson, próximo à entrada de uma fazenda e estava tentado convencê-lo a se entregar. O indígena, porém reagiu, amedrontando a vítima. Logo após, ele fugiu e se escondeu no pasto.
    Com a chegada da PM, a vítima e o piloto da moto ficaram observando a ação policial.
    No local os PMs começaram a procurar Jackson. Ao avistar os policiais, ele pulou sobre um deles e tentou pegar a arma. O policial para evitar um disparo, travou o dedo do autor no gatilho. O indígena então sacou uma faca para atingir o PM, momento em que o seu parceiro se viu obrigado a atirar.
    Jackson, ferido no lado esquerdo da região lombar, foi socorrido pelos próprios policiais que, depois de tirá-lo da pastagem pediram para uma pessoa que passava na estrada levá-lo ao Hospital São Mateus. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois do ocorrido. A bicicleta foi recuperada e devolvida ao dono.
    A corregedoria da Policia Militar já determinou a abertura de Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do fato.  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE