PUBLICIDADE
campo grande

Fumaça volta a incomodar e moradores devem ir para hotéis

“Está difícil de respirar. De manhã não tinha tanta fumaça, mas depois das duas horas voltou tudo”, disse dona Amelina Souza, 67 anos

| CAMPO GRANDE NEWS


Fumaça tomou conta da Rua Américo Vespúcio.(Foto: Marcos Maluf)

Fumaça do incêndio de grandes proporções que atingiu o Atacadão na Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande, voltou a incomodar os moradores da região que se preparam para passar a noite em hotéis.

Conforme os moradores, representantes do atacadista desde ontem estão em contato e se colocaram a disposição para resolver os problemas gerados pelo incêndio e nesta segunda-feira (14) voltaram a procurar quem mora no entorno do prédio.

Ao Campo Grande News eles disseram que por conta da fumaça que voltou a incomodar os representantes do hotel estariam avaliando a possibilidade de levarem os moradores para dois hotéis da Capital.

“Está difícil de respirar. De manhã não tinha tanta fumaça, mas depois das duas horas voltou tudo”, disse dona Amelina Souza, 67 que mora no terreno que faz divisa com o Atacadão.

O engenheiro Luiz Nazareno Teixeira, 71 anos, contou à reportagem que passou a noite na casa de um filho que mora no Jardim São Lourenço, mas acredita que hoje deva dormir em hotel.

“Devemos ir para o hotel pelo menos essa noite. O mercado está dando toda a assistência. Estão assumindo a responsabilidade pelo ocorrido”, explicou.

Já a sindica de um condomínio com 16 casa na região Luciana Oliveira Rodrigues, acredita que a fumaça tenha voltado por conta dos trabalhos de retirada do material que é feito nesta tarde e que pelo menos 10 famílias do condomínio devam ser levadas para hotel.

“Como começaram a remexer o entulho a fumaça voltou  e está insuportável. Eu com a casa fechada e o ar condicionado ligado continuo sentindo o cheiro dela. O pessoal do mercado entrou em contato e acredito que pelo menos 10 famílias devam ser levadas para hotel”, afirmou.

Para ela a medida é boa já que no condomínio tem muitos bebês . “É bom isso. Tem vários bebês no condomínio e mora muitos idosos nessa região. Eles se propuseram também a conseguir petshop para os animais”, completou.

Em nota, o Atacadão confirmou ao Campo Grande News que na noite de ontem foi oferecido aos moradores a opção de serem levados para hotel, para que ficassem mais confortáveis e longe da fumaça e que hoje a oferta foi aceita, porém não há número de quantos serão.

"Em um primeiro momento, eles optaram em permanecer em suas residências. No entanto, hoje, devido a mudança de rota da fumaça causada pelo vento, algumas famílias optaram pelo hotel e a rede já está providenciando a acomodação necessária", disse a nota. 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE