PUBLICIDADE
Fórmula 1

Calendário da F1 2021 tem 22 corridas, mas sem o Brasil

| TERRA


Foto: Racing Point

A Fórmula 1 já planeja sua temporada de 2021 e o Brasil, por enquanto, está de fora. Pode ser a primeira vez desde 1973 que o país ficará sem um Grande Prêmio de F1. Com a temporada atual passando de sua metade, se especula o calendário do ano que vem.

Segundo o Racefans.net, 22 corridas vão integrar o calendário de 2021 e a notícia ruim é que o Brasil não está nessa lista. A abertura da temporada deve acontecer no Bahrein – como em 2006 e 2010 – já que a Austrália enfrenta grandes proibições de circulação devido ao coronavírus e é improvável que o país possa receber público em março do ano que vem. A organização do GP australiano negocia um desconto com a Liberty Media, visando um encaixe no final do calendário, perto das corridas de Cingapura e Japão e antes das Américas – sem o Brasil.

No lugar do Brasil, a Arábia Saudita é forte candidata para sediar uma corrida em 2021. A prova aconteceria nas ruas de Jeddah.
Várias corridas foram adicionadas ao calendário atual devido à pandemia. Mugello, Istambul, Portugal e Nurburgring (Alemanha) substituíram corridas que não puderam ser realizadas em 2020, mas nenhuma deve mesmo ser adicionada ao calendário de 2021. Istambul demonstra vontade de permanecer e pode entrar no lugar de alguma sede sem contrato, como a Espanha, por exemplo.

Confira o planejamento inicial do calendário da F1 2021:

1) GP do Bahrein
2) GP do Vietnã
3) GP da China
4) GP do Azerbaijão
5) GP da Holanda
6) GP da Espanha
7) GP de Mônaco
8) GP do Canadá
9) GP da Áustria
10) GP da França
11) GP da Inglaterra
12) GP da Hungria
13) GP da Bélgica
14) GP da Itália
15) GP da Rússia
16) GP de Cingapura
17) GP do Japão
18) GP da Austrália
19) GP dos EUA
20) GP do México
21) GP da Arábia Saudita
22) GP de Abu Dhabi


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE