PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó: Mário Valério pede manutenção em estradas rurais

O vereador sugeriu que nos pontos mais críticos das estradas sejam colocadas pedras

| CAARAPONEWS


Por Silmara Diniz

O vereador Mário Valério (PR), em visita às estradas rurais próximo à Colônia Paulista, Fazenda Primavera, fazenda do Senhor Raul Bertipaglia, Dom Bosco, Sete Voltas e Barro Preto, na estrada de Cristalina, constatou que em algumas delas a situação é assustadora e precisa de atenção urgente.
 

Mário Valério deve encaminhar expediente nos próximos dias ao Prefeito Municipal e ao Secretário de Obras solicitando que seja feita a manutenção da estrada da Colônia Paulista até a rodovia que dá acesso à Aldeia Te’Yikue, trecho que, segundo ele, encontra-se “intransitável, dificultando a circulação de veículos, principalmente de cargas pesadas, que fazem o escoamento da produção”.
  Ainda para atender a mesma estrada, Valério solicitou o conserto do aterro do córrego da estrada da Colônia Paulista, além da instalação de tubulação.
  De acordo com o vereador, em períodos de chuva, sem tubulação, as águas transbordam e passam por cima do aterro, motivo que ocasionou seu desmoronamento e traz transtornos para quem passa pelo local. “A instalação da tubulação vai beneficiar aquela região, que é muito movimentada por dar acesso a várias fazendas e amenizar problemas com transporte”, completou.
  Mário Valério enviou solicitação, também, para que seja retirada a areia acumulada em alguns pontos das estradas vicinais, o que está dificultando o trânsito e, consequentemente, o escoamento da safra.
  O vereador sugeriu que nos pontos mais críticos das estradas sejam colocadas pedras, para amenizar o problema temporariamente.
  Em contato com a reportagem do CaarapoNews o Secretário de Obras, Roberto Maitan, disse que algumas dessas estradas estão sendo patroladas e no mais tardar amanhã devem estar prontas.
  Outras, como as do Sete Volta e Cristalina ele afirmou que também já foram feitas as melhorias e se mais alguma precisar dos serviços, basta entrar em contato com sua secretaria. (Colaborou André Nezzi)  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE