PUBLICIDADE
Política

Geraldo atribui vitória de Pereira em Dourados a PMDB do Zeca

| ASSESSORIA


O deputado federal Geraldo Resende, do PMDB de Dourados, atribuiu a alguns militantes do partido que segundo ele agiram como “traidores”, e a serviço “do PMDB do Zeca” [referindo-se ao ex-governador Zeca do PT] a derrota do candidato Waldemir Moka nas prévias do PMDB em Dourados.

De acordo com Geraldo, o senador Valter Pereira é uma figura “respeitável” do partido e não precisaria desse artifício para a disputa. “O PMDB, ainda assim, saiu ganhando com as prévias. O partido se revigorou, a militância foi sacudida com essa mobilização e agora temos um candidato oficial com a vitória do Moka com quase 70% dos votos no Estado”, comentou.
  Geraldo Resende disse que o empenho da vereadora Délia Razuk, única representante do PMDB na Câmara de Dourados, em favor do projeto de Valter Pereira, deve ser respeitado. “Ela tomou um lado nessa disputa, e adotou uma postura de alto nível durante o debate. Temos que respeitar a posição da vereadora e reconhecer que ela cumpriu também um papel importante para mobilizar os nossos filiados”, disse o deputado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE