PUBLICIDADE
momento especial

Menino descreve dia mais feliz da vida após estreia no Santos: 'A favela venceu'

| GAZETA ESPORTIVA


Foto: Divulgação

Ângelo descreveu o "dia mais feliz da vida", a estreia como jogador profissional do Santos na derrota por 3 a 1 para o Fluminense no último domingo, no Maracanã, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 15 anos, o Menino da Vila entrou aos 14 minutos do segundo tempo e se tornou o segundo mais novo a debutar pelo Peixe, à frente de Pelé e atrás apenas de Coutinho. 

"Sem dúvidas o dia mais feliz da minha vida! 25 de outubro de 2020, Maracanã, Santos x Fluminense, e aos 14:06 minutos do segundo tempo, eu realizo o sonho de me tornar jogador profissional de futebol. No dia em que o Rei do Futebol foi homenageado e na semana do seu aniversário, eu, um simples garoto sonhador e humilde, que só queria brincar com a bola nas vielas e campos do simples bairro onde cresci. E que aos 09 anos, veio para o Santos sem saber o que Deus estava preparando para mim. Me tornar o segundo mais jovem a estrear com a camisa do Santos futebol Clube, onde o Rei Pelé fez história, foi realmente uma experiência inexplicável. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que tem feito em minha vida. E graças a minha família e amigos, todos os treinadores que passaram na minha vida e ao Santos por tudo que vem me proporcionando, mais um sonho foi realizado. Honrarei a camisa do Santos e prometo continuar em busca de mais realizações. Tudo posso naquele que me fortalece, Deus é maravilhoso a todo tempo. A favela venceu", escreveu Ângelo.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE