PUBLICIDADE
Geral

Bonito será a 1ª cidade a receber o 'Eletrônico brasileiro'

| AGêNCIA ESTADO


A apresentação do Programa de Governo “Eletrônico brasileiro”, ocorreu ontem (10) à tarde, na cidade de Bonito. O programa está sendo realizado, pelo Ministério da Integração Nacional - através da Secretaria de Desenvolvimento do Centro Oeste, com participação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - através da Diretoria de Governo Eletrônico da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Superintendência de Ciência e Tecnologia (Sucitec/Semac), juntamente com a Prefeitura Municipal de Bonito. 

Segundo informações da Prefeitura, Bonito será a primeira cidade da região Centro-Oeste a ser beneficiada com o programa. Na primeira etapa - chamada Infovia Bonito Digital a rede incluirá prédios e órgãos da administração pública municipal na área urbana, permitindo sua integração e reduzindo custos administrativos (por exemplo, com serviços de telefonia). O projeto permitirá também acesso gratuito à Internet pela população a partir de cinco pontos de retransmissão, entre eles a Prefeitura Municipal, a praça central da cidade (Praça da Liberdade) e o Balneário Municipal.

O Engenheiro Frederico Valente, Diretor de Promoção de Investimento (DPI), da Secretaria de Desenvolvimento do Centro-Oeste, do Ministério da Integração Nacional, informou que, o desenvolvimento de programas de Governo Eletrônico tem como princípio a utilização das modernas tecnologias de informação e comunicação (TICs) para democratizar o acesso à informação, ampliar discussões e dinamizar a prestação de serviços públicos com foco na eficiência e efetividade das funções governamentais.

Segundo ele, no Brasil, a política de Governo Eletrônico segue um conjunto de diretrizes que atuam em três frentes fundamentais: junto ao cidadão; na melhoria da sua própria gestão interna; e na integração com parceiros e fornecedores. “O que se pretende com o Programa de Governo Eletrônico brasileiro é a transformação das relações dos três níveis de Governo com os cidadãos, empresas e também entre os órgãos do próprio governo de forma a aprimorar a qualidade dos serviços prestados; promover a interação com empresas e indústrias; e fortalecer a participação cidadã por meio do acesso a informação e a uma administração mais eficiente”.

Já o projeto Infovia Bonito Digital consiste na obtenção de uma rede de comunicação de voz, dados e imagens de alta velocidade, com abrangência municipal, o que irá permitir a integração de todos os órgãos da administração pública da cidade. Segundo o diretor da DPI, na primeira etapa, chamada Infovia Bonito Digital, a rede irá abranger prédios e órgãos da Administração Pública Municipal, que estão localizados na área urbana. Além disso, a Infovia permitirá acesso gratuito à Internet na praça central da cidade e no Balneário Municipal.

Valente também informou que o primeiro ponto a ser levado em conta para a implementação do projeto é a redução e um melhor controle de gastos, além de contribuir para a padronização, aumentar a confiança e a segurança das informações governamentais que trafegam nas redes. “Isso acontecerá com a implantação do Governo Eletrônico, que consiste em Softwares com diversos módulos integrados que permitem amplo controle da administração assim como a prestação de serviços à população”.

O projeto está sob a responsabilidade dos seguintes órgãos: Prefeitura Municipal de Bonito; Secretaria de Meio Ambiente, Planejamento e Ciência e Tecnologia (Semac), através do Núcleo Estadual de Inclusão Digital (NeidMS); Secretaria de Desenvolvimento do Centro Oeste, Ministério da Integração Nacional (SCO/MI); Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI), ligada ao Ministério do Planejamento - desenvolve o projeto de infraestrutura, de conectividade e é responsável pela gestão.

Mais informações com Boni, através dos fones: (067) 3255 3305/1351 – ou com Frederico Valente – SCO/MI (061) 3414 0122.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE