PUBLICIDADE
Covid-19

Mato Grosso do Sul tem 211 mil na fila prioritária de vacinação

| CORREIO DO ESTADO


Kit de vacina já está preparado em Mato Grosso do Sul - Álvaro Rezende/Correio do Estado

Mato Grosso do Sul deverá vacinar nesta primeira fase da campanha de imunização contra a Covid-19 211.633 pessoas, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES). A previsão é de que a campanha já tenha início na próxima semana, na quarta-feira (20), em todo o País, segundo o Ministério da Saúde.

No Estado, esse número é referente ao primeiro grupo prioritário que fará parte da campanha, que corresponde a: trabalhadores de Saúde, em um total de 69.988 habitantes.

Pessoas de 80 anos ou mais, que são 51.004; pessoas de 75 a 79 anos, que somam 43.704; pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, que chegam a 2.966 no Estado; e a população indígena, em um total de 43.971.

Últimas notícias
Apesar de um cronograma já ter sido feito pelo governo do Estado para distribuição de todas as doses, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que o Ministério da Saúde ainda não confirmou qual o número de doses chegarão a Mato Grosso do Sul.

“Não temos informações precisas do Ministério da Saúde sobre qual vai ser a vacina, quando chega e horário. Estou entendendo que vai chegar em quantitativo pequeno, que não vai dar para todos do primeiro grupo”, alertou o secretário.

Segundo ele, caso essa remessa seja menor que os 211 mil previstos, a distribuição será feita de forma “equitativa” para todos os municípios. “No mesmo momento seria distribuído para todos os municípios, proporcionalmente e levando em consideração os grupos prioritários. Do quantitativo que chegar, vamos fazer a distribuição”.

O secretário prometeu fazer uma simulação na segunda-feira da chegada das vacinas em Campo Grande, como forma de treinamento para que nada dê errado quando as doses realmente estiverem em Mato Grosso do Sul.

Resende ainda contou que na tarde de segunda-feira haverá uma reunião entre a equipe de imunização da Secretaria de Estado de Saúde e do Ministério da Saúde, em que a Pasta espera que os detalhes sobre a vacina e a campanha sejam resolvidos.

“Temos tudo preparado, já fizemos a revisão de todos os passos e vamos mostrar como nos preparamos para esse momento tão especial durante essa simulação”, completou o secretário.

As doses chegam em Campo Grande, de onde sairão em 26 viaturas (sendo 22 do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Militar) para os outros 78 municípios do Estado. A expectativa é de que a entrega leve, no máximo, 48 horas para ser concluída. Ela será acompanhada por agentes armados.

CAMPO GRANDE
Em Campo Grande, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), mais de 62 mil pessoas fazem parte do primeiro grupo prioritário a receber a vacina, de acordo com critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

São: 29.721 trabalhadores da saúde; 18.015 idosos de 80 anos ou mais; e 14.932 pessoas de 75 a 79 anos. A Pasta não soube informar qual o número de idosos institucionalizados (em asilos ou hospitalizados).

Na Capital, para a distribuição do imunizante, a cidade contará com os postos de saúde, um local em sistema drive-thru e um polo de vacinação. Os detalhes do plano de vacinação, entretanto, ainda não foram divulgados.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE