PUBLICIDADE
Caarapó

Preso chefe de quadrilha que furtou agência do BB em Caarapó

Marciel liderava uma quadrilha composta por 10 a 15 indivíduos que invadiam agências bancárias

| CAARAPONEWS


Por André Nezzi

Foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Americana-SP, Marciel Constantino, 41 anos, considerado o maior arrombador de bancos e caixas eletrônicos do país e suspeito de ser o chefe da quadrilha que furtou dois caixas eletrônicos na Agência do Banco do Brasil em Caarapó, no dia 09 de janeiro.
 

Policiais do DIG e do Garras vinham trabalhando no caso há algum tempo, e de um mês para cá, estavam monitorando as ações de Marciel.
  Por muitos anos, ele foi radicado em Americana, mas ultimamente residia na cidade de Osasco.
  Marciel liderava uma quadrilha composta por 10 a 15 indivíduos que invadiam agências bancárias e arrombavam caixas eletrônicos utilizando maçarico.
  Sua quadrilha agia em vários estados. A polícia possuía imagens de sua participação em agências do Santander, na região metropolitana da capital, em Itu e também em Caarapó-MS.


Informados que ele estaria embarcando para Salvador no Aeroporto Internacional de Guarulhos, os investigadores realizaram o cerco e o prenderam. Ele ficou detido em Guarulhos.
  Marciel deve responder por mais de 80 roubos e furtos em bancos. Ele é o padrasto da jovem caarapoense Cintia Loureiro (22), presa em 3 de fevereiro, juntamente com seu namorado, o policial militar Guilherme Vaz Lins (25), por participação no furto do BB em Caarapó.
 

A Polícia procura agora a mãe de Cintia e esposa de Marciel, Inhara Aparecida Rodrigues.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE