PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapoense marca dois gols e Sete bate o Itaporã

| ASSESSORIA


O Sete de Setembro surpreendeu o Itaporã neste domingo e, de virada, venceu o jogo disputado no Ninho da Águia por 3 a 1. Com o resultado o Sete acaba com a sequência invicta do técnico Paulo Galdino no comando do time da Cidade do Peixe, se afasta da zona de rebaixamento e passa a sonhar com a possibilidade de classificação para a próxima fase do Campeonato Estadual. Agora com 12 pontos, o Sete continua na sexta posição, mas com quatro de vantagem sobre Pantanal e Mundo Novo, empatados na penúltima posição. Terceiro colocado, o Itaporã permanece no G4 do Grupo A com 19.
 

 

Autor de dois gols, o atacante caarapoense Thiaguinho foi o destaque do jogo. Thiagão fez o primeiro gol do Furacão Douradense e Léo o gol do Itaporã. Na próxima rodada, o Sete vai à Ladário enfrentar o Pantanal enquanto o time do técnico Paulão folga e volta a campo apenas no próximo domingo contra o Naviraiense no Estádio Chavinha.
 

O Jogo

De técnico novo após a derrota para o Águia Negra no meio de semana, o Sete entrou em campo com o propósito de segurar o adversário nos primeiros minutos e só sair no contra-ataque. E a proposta quase deu certo logo aos cinco minutos quando Luis Fernando achou Thiaguinho livre pela direita. O atacante driblou o zagueiro mas concluiu para fora. Três minutos depois, o castigo. Márcio invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Léo tocar para o gol vazio. Aos 12 minutos, Rafael Santos recebe na esquerda e lança Thiaguinho que, sozinho, perde o gol.
 

O Sete chega mais uma vez com Rafael Santos aos 15 minutos, mas o empate só saí aos 24. Andrinho cobrou escanteio pela esquerda e Thiagão, livre, cabeceia no canto do goleiro Diego, que ainda toca na bola. A virada quase veio ainda na primeira etapa, mas Thiaguinho perdeu mais uma vez o gol aos 31 minutos.
 

No início do segundo tempo, Léo teve a chance de dar a vantagem ao Itaporã, mas jogou para fora a única chance do time nesta etapa. Aos cinco minutos, Carlos Eduardo e Jô se desentenderam em jogada pela esquerda e foram expulsos pelo árbitro Paulo Henrique Sampaio. Depois disso, só o Sete jogou. Aos 12 minutos, Christian, que tinha acabado de entrar no lugar de Gilmar, é lançado e, da entrada da área, chuta em cima de Diego.
 

Depois de perder mais duas chances aos 16 e aos 18 minutos, o Sete virou o placar. Aos 26, Rafael Santos deixou Thiaguinho na frente de Diego e desta vez a conclusão foi certeira. A vantagem deixou o time de Dourados ainda mais tranquilo no jogo e a marcação perfeita da equipe desestabilizou a equipe adversária. Tanto que o zagueiro Tadeu foi expulso aos 43 minutos após chutar Andrinho no chão. No último lance, Christian foi lançado na área e deu um passe com o peito para Thiaguinho fazer seu segundo gol no jogo, o oitavo na competição.
 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE