PUBLICIDADE
Caarapó

Caarapó doa terreno à Associação de Combate ao Câncer

Atualmente, Caarapó tem 38 pacientes com câncer em tratamento

| ASSESSORIA


A Prefeitura de Caarapó acaba de doar um terreno à Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados (ACCGD). O anúncio foi feito pelo prefeito Mateus Palma de Farias (PR) durante reunião na manhã da última sexta-feira (26), na Câmara de Vereadores da cidade, em que foram discutidas com representantes da sociedade civil organizada estratégias para angariar recursos financeiros para a instituição.
 

  Ficou definido que o Poder Executivo de Caarapó encaminhará à Câmara Municipal projeto de lei propondo a doação do imóvel, conforme preconiza a legislação. Entretanto, sabe-se que o terreno está localizado no Jardim Santa Marta II, área nobre da sede do Município, e está avaliado em R$ 30 mil. A área deverá ir a sorteio, sendo que os recursos angariados serão repassados à ACCGD. O Hospital Beneficente São Mateus, de Caarapó, também ganhará um imóvel de proporções semelhantes.
    Durante a reunião, foi formada uma comissão para administrar as questões relativas à arrecadação de fundos para a ACCGD em Caarapó, composta por representantes das instituições presentes no evento, a exemplo do Sindicato Rural, Rotary Club, Prefeitura, rede estadual de ensino, Câmara de Vereadores, imprensa (Nova Difusora AM e Caarapó FM), Caaraponews, Polícia Militar, Conselho Municipal de Saúde, Banco do Brasil, Agência Fazendária e Hospital São Mateus, além da própria ACCGD.
    Segundo a presidente da ACCGD, Virgínia Magrini, a instituição precisa de R$ 1 milhão para concluir as obras do Hospital do Câncer. “Temos que apelar aos 38 municípios que compõem a Grande Dourados e à sociedade”, argumentou, durante uma extensa explanação sobre as ações da instituição que preside. Conforme a presidente, o objetivo é ter um lugar perto da família para tratamento dos pacientes portadores de câncer, de forma a possibilitar a sua volta para o convívio familiar. “O apoio da família faz diferença no tratamento”, observou.
    As obras do Hospital do Câncer de Dourados tiveram início em março de 2008 e estão na fase de acabamento. A ACCGD conta com verba pública para aquisição de equipamentos. Porém, a prioridade é concluir a parte física do hospital. “Precisamos somar todas as forças – sociedade e Poder Público, tendo em vista a grandeza dessa iniciativa”, ponderou o prefeito Mateus Palma de Farias. “Dado o pontapé inicial, vamos trabalhar para atingir a meta de angariar a verba necessária à conclusão do hospital, que vai facilitar o tratamento dos pacientes da nossa região, dando esperanças a quem sofre com esse tipo de enfermidade”, acrescentou.
    Atualmente, Caarapó tem 38 pacientes com câncer em tratamento. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE