PUBLICIDADE
Caarapó

Milionário, Dourado diz que pretende mudar de favela no Rio

| FOLHA


Vencedor do "Big Brother Brasil 10", o lutador Marcelo Dourado, 37, afirmou no início da madrugada desta quarta-feira que pretende mudar de residência em breve com o prêmio de R$ 1,5 milhão. Antes de entrar no programa, ele vivia em uma casa simples na favela do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio.
 

"O dinheiro, eu vou investir naturalmente, mas eu pretendo dar alguma coisa boa para a minha família, principalmente para os meus irmãos. Acho que um teto para os meus irmãos seria uma boa e uma casa para mim também, que eu nunca tive. Vivia de aluguel numa comunidade do Recreio e agora pretendo ir para algum outro lugar", disse o lutador.

 

Desde que saiu da quarta edição do "Big Brother", a vida de Dourado passou por momentos difíceis. O auge foi no ano passado, quando depois de voltar sem dinheiro de uma temporada na Nova Zelândia, passou a morar na favela do Terreirão. Antes de entrar no programa, o lutador disse que mal tinha dinheiro para comer, almoçava "podrão" em um trailler e jantava pé-de-moleque.
 

Dourado não disse aonde tem vontade de morar, mas garantiu que será no Rio. Apesar de ser gaúcho, ele sente que seu destino está na cidade maravilhosa.
 

"Sou filho de Porto Alegre. Tudo meu está lá, minha família e meus amigos de infância. Pretendo assim que der visitar eles. Tenho muito orgulho de ser gaúcho, mas vou continuar morando no Rio porque o meu futuro profissional está aqui", afirmou.
 

O lutador venceu o programa com 60% dos votos e levou o prêmio de R$ 1,5 milhão. Fernanda e Cadu ficaram em segundo e terceiro lugar e ganharam, respectivamente, R$ 120 mil e R$ 50 mil.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE