PUBLICIDADE
bem de vida

Amado Batista coloca à venda suas fazendas em MT por R$ 350 milhões

| RD1


Fazenda do cantor Amado Batista em Cocalinho (MT) estão à venda (Imagem: Reprodução)

Amado Batista quer vender suas fazendas em Cocalinho, no Mato Grosso, pelo valor de R$ 350 milhões. A quantia impressionante corresponde ao preço de duas fazendas juntas, que possuem uma área de 35 mil hectares e vêm com 20 mil cabeças de gado.

O artista está em busca de compradores para as fazendas Sol Vermelho e Buritizal. A dupla é anunciada em sites imobiliários. Enquanto uma tem nada menos que 11 quartos em sua sede, a outra – com direito a lago na porta da casa – tem 4 quartos. Além disso, existe uma casa reservada para os 40 funcionários da modesta residência.

O local vai além e conta com outros atrativos: campo de futebol, churrasqueira, quatro pistas de pouso de avião e lagos para pesca. Quem desembolsar os R$ 350 milhões vai levar além de tudo: um caminhão, nove tratores e uma retroescavadeira.

As duas propriedades estão localizadas no rio Araguaia e são bastante conhecidas por moradores da região. Amado Batista tem carinho por elas. A música Sol Vermelho, que leva o nome de uma delas, fala sobre a saudade de sua terra.

Os locais é sinônimo de prestação de serviço nas localidades. Participantes de rallies são convidados com frequência para passarem a noite no local, além dos amigos e familiares do cantor romântico.

As fazendas ainda têm 35% de área de reserva legal. Em 2014, o cantor foi autuado pelo Ibama e recebeu uma multa de R$ 1,24 milhão, por desmatamento ilegal na região. Há meses, as fazendas pararam no noticiário policial por causa da morte de um funcionário que morreu em um acidente de trabalho.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE