PUBLICIDADE
Caarapó

Nutricionista de Caarapó fala sobre a importância de beber água

Daniela disse ainda que a água participa de várias funções

| CAARAPONEWS


Por José Carlos

A nutricionista Daniela Bittencourt Gripp de Oliveira, lotada na Secretaria de Educação e Esportes falou ao Caarapó News sobre a importância da água (H2O), na vida do ser humano.
 

Segundo a nutricionista que também é Especialista em Nutrição Clínica, a água além de ser um elemento essencial para o ser humano é a substância mais abundante do corpo humano. Cerca de 70 % do peso corporal do adulto é constituído de água, distribuída no interior dos vasos sanguíneos, entre as células, em líquidos como suor, líquidos sinovial, sêmem, humor aquoso e vítreo, saliva, suco pancreático, bile, sucos intestinais, urina e  etc.
  Daniela disse ainda que a água participa de várias funções como: digestão, circulação sanguínea, respiração, excreção urinária, transpiração, homeostasia (equilíbrio), transporte de substâncias e outros. “Devemos ingerir, no mínimo, dois litros de água por dia. Não espere sentir sede para tomar água, pois neste caso, seu organismo já está em processo de desidratação. Em casos de atividade física essa quantidade deve aumentar, devido a uma maior perda de água durante a transpiração”, falou.
  A nutricionista observou também que é muito importante evitar ingerir a água pelo menos meia hora antes e depois do almoço para não atrapalhar a digestão. A desidratação provoca a disfunção dos vários processos fisiológicos dos quais a água participa, podendo levar até a morte, se não tratada rapidamente.
  “Uma pessoa pode viver sem alimento sólido por mais de um mês, mas sem água só poderá viver cerca de dois ou três dias. Uma forma de saber se o consumo de água é adequado, é observar a cor da urina, que deve ser quase transparente. Quanto mais forte a coloração, significa que pouca ingestão de água está sendo feita”, comentou.
  Daniela acrescentou que para garantir um consumo seguro para a saúde, a água deve ser potável, ou seja, sem riscos de contaminação. A água potável pode ser de uma fonte natural, desde que não haja nenhum tipo de contaminação em sua nascente ou percurso.
  Até a água que recebemos em casa passa por diversos procedimentos técnicos com o fim de torná-la própria para o consumo.
  A nutricionista faz uma alerta quanto a água da torneira que as vezes  pode até ser de proveniência segura, mas o problema surge quando ela passa por encanamentos e caixa d’água, que não há como afirmar que estes estão isentos de contaminação. “Por isso diante dessa situação existe a preocupação de que esta água seja filtrada, independentemente do tipo de fonte. A água precisa seguir um padrão de potabilidade estabelecida pela Portaria nº 518, de 25 de março de 2004”, finalizou.
  Mais informações é só entrar em contato no telefone 3453 1455 no horário comercial das 7h30 às 11h e das 13 às 15h30. (OBS: Devido a um erro de diagramação, essa matéria saiu errada na versão impressa de hoje. Pedimos desculpas aos nossos leitores e por isso, a matéria está sendo postada na versão Online)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE